Verão na Suíça – Roteiro Completo (set/16)

Em 06/10/2016 por Fabi Gama

Quem nos acompanha no instagram @loucosporviagem viu que fizemos uma viagem maravilhosa pela Suíça em setembro. Conhecemos belíssimos lagos, montanhas, hotéis e restaurantes, fizemos trilhas e passeios com visuais de cair o queixo!

Foi a nossa sexta vez na Suíça e mesmo assim ainda tenho uma lista enormes de lugares que quero conhecer nesse pequeno e encantador país.

Nesse primeiro post vou contar todo nosso roteiro e dar dicas e informações básicas sobre a Suíça. Depois vou escrever sobre cada lugar que visitamos, passeios que fizemos e hotéis separadamente.

Esse post é apenas para dar uma visão geral sobre o nosso roteiro.

Lembrando que, para facilitar, eu criei um índice com todos os posts referentes a essa viagem pela Suíça em set/16. Para acessar e ver quais posts já estão disponíveis para leitura clique aqui.

 

dsc_8490

 

Onde fica

A Suíça é  composta por 26 estados, chamados de cantões, sendo Berna a capital do país.

A Suíça está situada no centro da Europa e faz fronteira com a Alemanha, França, Itália,  Áustria e o principado de Liechtenstein.

 

dsc_5197

 

Idiomas

Na Suíça há quatro idiomas oficiais:

  • Alemão (63.5 %) – A maior parte da população vive na “Suíça Alemã”. Em 19 dos 26 cantões, as línguas predominantes são os dialetos suíços-alemães.
  • Francês (22.5 %) – o idioma francês é falado em quatro cantões: Genebra / Vaud / Neuchâtel / Jura. Três cantões são bilíngues: em Berna, Friburgo e no Valais falam-se alemão e francês.
  • Italiano (8.1 %) – Fala-se o idioma italiano no Ticino e em quatro vales do sul do cantão de Grisões.
  • Reto-romano ou romanche (0.5 %) – O cantão de Grisões é multilíngue – alemão, italiano e reto-romano. Com 0,5% da população, os reto-romanos são o menor grupo linguístico da Suíça.

Nós sempre usamos o inglês nas nossas viagens pela Suíça, idioma que praticamente todo mundo fala, até mesmo funcionários de todos os meios de transporte público, mercados e restaurantes.

Além disso, há muitos portugueses morando na Suíça e trabalhando em hotéis e restaurantes por lá.

 

DCIM100GOPROG0188848.

 

Fuso horário

A Suíça segue o fuso horário de outros países da Europa, como França e Alemanha. São 5 horas a mais que o Brasil durante o horário de verão europeu (que vigora de março a outubro) e 3 horas a mais que o Brasil durante o inverno.  Para checar o horário na Suíça agora, clique aqui.

 

dsc_3831

 

Melhor época

A Suíça é um país que tem muitos atrativos o ano inteiro. Eu vou escrever um post específico sobre esse item, explicando como são as quatro estações no país e o que fazer em cada uma delas.

Viajar para a Suíça no verão, por exemplo, é completamente diferente de visitar o país nos meses de inverno. Nas duas estações a viagem é encantadora, mas os atrativos e as paisagens mudam bastante.

 

dsc_9240

dsc_4972

 

Como se locomover

O sistema de transporte público na Suíça é fantástico! Os trens, ônibus e barcos cobrem cada cantinho desse país incrível, de forma pontual e eficiente, funcionam de forma integrada. Leia o post sobre o Swiss Travel Pass.

Claro que, uma viagem de carro pelo país também é maravilhosa, mas na minha opinião, é mais cara. Eu vou fazer um post específico sobre a experiência que tivemos ao usar Swiss Travel Pass (simplesmente fantástico) e também vou falar sobre as vantagens e desvantagens de se alugar um carro.

Lembrando que, apesar de já ter lido em vários sites que não é necessário ter PID (permissão internacional para dirigir) para alugar carro na Suíça, nos foi exigido na locadora quando fomos retirar o carro. E nós temos, claro!! Ou seja, para quem viaja ao exterior e pretende alugar carro, é bom ter, pois você pode pegar um atendente “desavisado” pela frente e acabar não conseguindo retirar o carro.

Além disso, não se esqueça que o PID (permissão internacional para dirigir) só é válido quando apresentado juntamente com a sua carteira de motorista válida emitida no Brasil.

 

dsc_3655

 

Moeda

A Suíça não faz parte da  União Européia. A moeda local é o franco suíço (sigla CHF). Para conferir a conversão atualizada clique no site do Banco Central. Quando viajamos, 1 franco estava valendo praticamente o mesmo que 1 euro. Inclusive os hotéis aceitavam pagamento em euro fazendo a conversão de 1 euro = 1 franco. Preparem-se : É um país caro!  (mas vale cada centavinho rs!).

 

dsc_9163

 

Gastronomia

Nós comemos muito bem ao longo da nossa viagem! Cada região da Suíça tem pratos típicos, mas claro que alguns você encontra em muitos lugares, como fondue, raclette, rostie, diversos tipos de queijos e salsichas, sem falar no principal : os chocolates suíços!!!! Delícia!!!!

No site oficial do turismo na Suíça tem a culinária de cada região. Para ler, clique aqui.

Já tem posts com dicas de restaurantes em Lucerna e Adelboden no ar!

 

dsc_4451

img_0046

 

Segurança

A Suíça é um país muito seguro, com baixíssimo índice de criminalidade.

Mas nas cidades maiores como Zurique e Genebra, assim como em lugares muito turísticos como Interlaken, tenha cuidado com seus pertences pessoais, assim como você deve ter em qualquer outro grande centro da Europa. Por lá, seja na França, Inglaterra, Espanha, Portugal ou qualquer outro país, é muito comum a ocorrência de furtos (pickpocket ou mão leve), especialmente em aeroportos, filas de atrações turísticas, restaurantes e ao usar o transporte público (bus, trem e metrô).

 

DCIM103GOPROG2601165.

 

Nosso roteiro completo pela Suíça em set/16:

  • Dia 1 – Voo Rio de Janeiro (SDU) para Guarulhos em São Paulo, onde peguei o voo direto da Swiss Air para Zurique (11h de voo).

 

  • Dia 2 – Chegada no aeroporto de Zurique. Com o meu Swiss Travel Pass em mãos, peguei o trem direto para Lucerna. Há uma estação de trem dentro do aeroporto de Zurique (fantástico!). O trajeto leva apenas 50 minutos e há trens com saída frequente (praticamente a cada meia hora). Ao chegar na estação de trem de Lucerna, caminhei por dez minutos até o hotel Grand National Luzern. Tarde em Lucerna. Obs: nós dividimos a nossa estadia em Lucerna em dois hotéis.

 

  • Dia 3 – Passeio de bate e volta de trem para Engelberg, onde subimos o famoso Mont Titlis por meio do teleférico rotatório, além de almoçarmos no restaurante e irmos no lago Trubsee. Fiz um post com os melhores passeios de bate e volta a partir de Lucerna. Para ler clique aqui.

 

  • Dia 4 – Passeio de bate e volta de trem para o lago Bannalp (ou Bannalpsee). Uma ótima opção próxima de Lucerna. Voltamos para Lucerna e fomos ao último dia do Festival de Lucerna no KKL. Mudamos para outro hotel maravilhoso na cidade : Schweizerhof Hotel Luzern.

 

  • Dia 5 – Passeio de bate e volta de trem até a montanha Stanserhorn onde andamos no teleférico conversível, o Stanserhorn Cabrio. Voltamos para Lucerna e pegamos o barco para o vilarejo de Weggis no Lago Lucerna, onde nos hospedamos no hotel Park Weggis. Weggis está a 50 minutos da cidade de Lucerna de barco. Para ler a matéria sobre o hotel clique aqui.

 

  • Dia 6 – Manhã em Weggis. Bus para outro vilarejo próximo no Lago Lucerna : Vitznau, onde nos hospedamos no fantástico hotel Park Vitznau. Para ler a matéria sobre o hotel clique aqui.

 

  • Dia 7 – Deixamos Vitznau de barco em direção à cidade de Lucerna. Lá pegamos um bus até a locadora de carro Avis. Alugamos um carro (previamente reservado pelo site da Rentalcars) e seguimos até Handegg, onde está localizado o Gelmerbahn, o funicular mais inclinado da Europa, que fica a cerca de 1h30 de Lucerna. Depois do passeio dirigimos por aproximadamente 1h até Interlaken onde nos hospedamos no Victoria Jungfrau Grande Hotel & Spa (para ler a review sobre o hotel clique aqui). Até aqui pegamos dias lindos de sol e muito calor (30 graus).

 

  • Dia 8 – Em Interlaken fizemos os passeios Grindelwald First (com direito à tirolesa nas montanhas e mountain cart) e conhecemos o mirante com super visu Harder Kulm. No fim do dia seguimos por 1h de carro até a nossa próxima base nos alpes: Adelboden no hotel The Cambrian, onde ficamos três noite.

 

  • Dia 9 – Pegamos o bus 230 em Adelboden e fomos até o Blausee. Já tínhamos visitado esse lago em dez/14, no inverno, e estávamos loucos para voltar no verão. Pena que passou o dia inteiro chuviscando. Voltamos para Adelboden e curtimos o spa do hotel The Cambrian. Jantar no excelente restaurante Schonbuhl.

 

  • Dia 10 – Seguimos até Kandersteg de carro (cerca de 50 min de Adelboden), subimos o teleférico Gondelbahn e caminhamos até um dos meus lagos preferidos na Suíça : Oeschinensee. Retornamos para Adelboden e passamos a tarde no spa do Park Bellevue Hotel & Spa, onde também tivemos um excelente jantar.

 

  • Dia 11 – Manhã no spa do The Cambrian Hotel. Passamos de carro novamente pelo Blausee (sem chuva dessa vez) e seguimos por 1h30 até o Villa Honegg hotel, onde passamos duas noites incríveis pela terceira vez.

 

  • Dia 12 – Dia inteiro no spa do Villa Honegg Hotel, cinema (sim! O Villa Honegg tem um cinema!)  e jantar no hotel.

 

 

  • Dia 14 – Seguimos para Andermatt, a 1h30 de carro de Lucerna. Nos hospedamos por duas noites no fantástico The Chedi Andermatt (esse hotel é sensacional!!). Jantar no hotel. Para ler a matéria sobre o hotel clique aqui.

 

 

  • Dia 16 – Fizemos um passeio de carro pelas rotas panorâmicas da região de Andermatt : Furkapass (onde foi filmado 007 – Goldfinger), Grimselpass e Sustenpass. Há também o Gotthard Pass, mas não tivemos tempo de fazer.

 

 

  • Dia 18 – Nesse dia resolvemos fazer um bate e volta até Appenzell, a 1h30 de carro de Flims. Eu estava louca para conhecer o famoso restaurante/casa de montanha Aescher, cravado na pedra. Também fizemos a trilha até o belíssimo lago Seealpsee. Na volta fizemos uma parada rápida em Vaduz, capital de Liechtenstein, que fica a 40 minutos de carro de Flims.

 

  • Dia 19 – Passamos o dia em Flims. Subimos o teleférico de Flims para Naraus, fizemos uma caminhada e depois voltamos ao lago Caumasee (apaixonei por esse lago). Seguimos de carro para Zurique (1h30) e no caminho paramos no lago Walen (Walensee). Voo direto da Swiss Air (11h de duração) para Guarulhos (SP). Chegada em Guarulhos. Voo Guarulhos/Rio de Janeiro (SDU). Fim de mais uma viagem incrível!

 

dsc_8041


Nossas bases e hotéis

Fizemos 8 bases ao logo desses 19 dias de viagem. Ficamos em fantásticos hotéis de luxo!

 

Para ler mais posts sobre a Suíça clique no link abaixo:

Índice com todos os posts relativos a nossa viagem pela Suíça em set/16

Planeje a sua viagem:

Se você gosta das nossas dicas, nos ajude a manter o blog fazendo as reservas pelos links indicados. Recebemos uma pequena comissão e você não paga nada a mais por isso!
  • Booking.com - confesso que minha vida de viajante mudou depois da criação do Booking.com. Acho sensacional, sou fã de carteirinha! Todas as ferramentas do site são excelentes e sempre que tive qualquer tipo de problema fui prontamente atendida pelos funcionários (existe a opção de atendentes que falam português, o que é ótimo!). Nunca tive problema de chegar em um hotel e a minha reserva não estar lá (mas fechando direto com os hotéis isso já aconteceu). Clicando aqui você pode fazer suas reservas diretamente pelo nosso blog sem custos adicionais.
 
  • Hotéis.com - você também pode fazer sua reserva de hotéis pelo Hoteis.com. A vantagem é o parcelamento em até 12x sem juros.
 
  • O seguro de viagem é um dos itens mais importantes da viagem! Eu não viajo sem! Ninguém está livre de ficar doente ou sofrer um acidente durante as férias. Imagine quanto isso pode custar em um país como Suíça, Eua ou Noruega? Além disso, o seguro é obrigatório nos países membros da Comunidade Européia (Tratado de Schengen). Aqui no blog você pode fazer a sua cotação pela Seguros Promo que possui várias seguradoras conveniadas. A vantagem é fazer a cotação on-line, ou seja em apenas um clique, você compara o custo x benefício das melhores seguradoras do mercado. A contratação é on-line e você recebe a apólice por email. É possível parcelar em até 12x sem juros no cartão de crédito (parcela mínima de 40,00 reais).Para fazer sua cotação clique AQUI e insira os dados solicitados (destino, período da viagem, nome, email e telefone). Logo em seguida vai aparecer uma lista com todas as seguradoras e os valores cobrados. Leitores do blog tem 5% de desconto - basta inserir o código LOUCOSPORVIAGEM5.
 
  • Rentalcars.com - nós fazemos muitas road trips e esse site é espetacular!! É muito fácil efetuar uma reserva (e também cancelar, caso necessário) e sempre encontramos os melhores preços. O site compila todas as grandes companhias de aluguel de carro (Hertz, Avis, Budget etc) e também locadoras locais. Você pode fazer a sua reserva aqui no blog também por esse link sem custos adicionais.
 
  • Chip de internet no exterior - Graças ao chip de celular da EasySim4u nós estamos sempre conectados durante todas as nossas viagens internacionais. Eu recebo o chip em casa pelos correios e no avião já coloco no celular. Muito prático!!!! Quando chego no destino só preciso ligar o celular e pronto! A internet já começa a funcionar. Acho muito melhor do que desembarcar no destino e ainda ter que procurar por um chip. Já usei o chip da Easysim4u em vários países : Itália, Espanha, Suíça, Áustria etc. Para saber mais sobre como comprar e como funciona o chip clique AQUI para ler a matéria onde expliquei tudo. O plano para Europa é o DATA PLAN com SIM na opção de roaming 140 países. Os planos para países fora dos EUA e Canadá são apenas de DADOS, ou seja, não tem nem ligações e nem SMS. Para adquirir, basta acessar o site clicando em : EasySim4u.
 
  • Ingressos - Reserve seus ingressos para as principais atrações turísticas do mundo todo com antecedência e evite filas. A GetYourGuide é a maior plataforma online do mundo para reservas de excursões e atrações turísticas. Para acessar o site clique AQUI.
Fabi Gama
Fabi Gama: Carioca, taurina, casada, 37 anos, advogada, louca por viagem, fotografia, chocolate e pela Grécia. Conhece o calendário de feriados de cor e salteado! Já carimbou seu passaporte em 50 países e pretende conhecer muitos outros! Acompanhe as aventuras pelo instagram e snapchat @loucosporviagem.
Gostou? Compartilhe!
  • Print Friendly, PDF & Email
  1. Raphael

    Bom dia, quanto mais ou menos vocês gastaram nessa viagem?

    Responder
    • Oi Raphael! Tudo bem? Como eu mencionei em vários posts, nós fomos a convite da Secretaria de Turismo da Suíça e em uma esquema “luxo”. Mas claro que dá para fazer essa mesma viagem com um orçamento mais em conta. Mas tenha sempre em mente que a Suíça é um país caro. bjs

      Responder
    • LEONARDO LOYOLA

      Olá Raphael,
      Estamos indo em 09 pessoas dia 04nov que é baixa temporada, vamos ficar 11 dias na Suíça. Nosso orçamento ficou em 11.500 mil, isso inclui a passagem promocional que pagamos 1800 reais, as diárias de hotel, seguro viagem, entrada nas atrações, passe de trem para 15 dias, e nossos gastos com alimentação.
      Por ai vc consegue ter uma idéia de custos. E lembre-se que no verão é mais caro, nós vamos no fim do outono.
      Abraço,
      Léo

      Responder
      • Oi Leonardo! Obrigada pela colaboração! Mas esse valor é apenas uma estimativa sua, já que vc ainda não fez a viagem, correto? isso daí pode variar, principalmente em rel. aos gastos com alimentação. Alem disso, eu não curto falar quanto saiu uma viagem justamente porque há muitas variáveis envolvidas! Vc pagou um ótimo preço pela passagem aérea (hj está bem difícil conseguir ir pra europa por 1800 reais), tem tb essa questão da temporada (vc esta indo na mais baixa), categoria de hotel, etc… tudo isso influencia muito no valor final de uma viagem, inclusive imprevistos que podem ocorrer durante a viagem! A Suíça é um páis caro! Ótima viagem pra vc, curta muito! bjs

        Responder
  2. André Luis

    Oi Fabi, Adoro viajar e principalmente mesclar minhas viagens com cidade e natureza. Em Jul/2017 farei com esposa e 2 filhos (11 e 16) para Milão(2),bate-volta ao lago Como (1) , bate-volta Veneza (1) Berna(2), Interlaken(2), zzurique(2) ,Viena e Praga,

    (2) Lendo o seu roteiro vi que tenho que mudar os pernoites de Zurique para lucerna, certo ? Tinha pensado em fazer um bate-volta de Zurique para Lucerna, e no dia seguinte partir pra Viena, mas pelo que li em seu post NÃO FAZ SENTIDO !
    (2) vc faria 2 pernoites em Berna e Interlaken ?? Ou melhor como dividiria esses 6 dias na Suíça (vindo de Milão e indo depois pra Viena)

    Abraços

    Responder
    • Oi Andre! Em termos de rotas e horários de trens não tenho como opinar no seu roteiro pq teria que simular cada uma (esse tipo de trabalho individualizado nós fazemos apenas nos roteiros personalizados). Mas se vc so tem 6 dias na Suíça, eu dividiria em 2 bases : Interlaken e Lucerna. Não vejo motivo para fazer base em Berna. Vc pode fazer bate e volta a partir de Interlaken para Berna, sendo que Interlaken tem um monte de programas bacanas e uma localização ótima. Entre Zurich e Lucerna eu tb prefiro base em Lucerna. bjs

      Responder
  3. André Luis

    Fabi, Além além de excelentes matérias você respondeu rápidinho !!!! Obligado

    Agora … Não bale uma parada para conhecer Berna ?

    Responder
    • Vale uma passadinha por la sim sim, mas não pernoitar, na minha opinião! Prefiro mil vezes Lucerna ou Interlaken. bjs

      Responder
  4. zélia

    Oi!!

    Pode me dar umas dicas de roupas para levar na viagem para Suíça?
    E sugestões de lazer em Zurique.

    Responder
    • Mas isso depende da epoca que vc vai viajar! qdo vc vai? Ainda nao tenho post sobre Zurique… sorry!

      Responder
  5. Flaviane

    Olá! !! Lendo seu roteiro estou cada vez mais ansiosa! ! Para uma viagem de 17 dias em agosto, que tipo de roupa é mais indicado levar? Um mixórdia de inverno brasileiro com verao? ? Obrigada

    Responder
    • Oi Flaviane! Se voce for fazer passeios de montanha que tem neve eterna é bom levar um casaco. Nas montanhas mais baixas, nos lagos, cidades vc deve pegar calor. À noite sempre fica mais fresco, mas nada congelante. Leve roupas leve e um casaco (não muito pesado) para as montanhas mais altas ou no caso de entrar frente fria etc… Acredito que vc pegue bastante calor. Vai adorar o verão na Suíça! Qual é o seu roteiro? beijocas

      Responder
  6. Flaviane

    Que legal!! Muito obrigada pela dica!!! Embarco agora dia 29!! Serão 3 dias em Amsterdã, depois Lucern, Interlaken, Montreaux, Zermatt, Genebra, Bern e termina em Zurich!! Esta chegando!! Alguma dica destes locais bjo

    Responder
  7. Gisela

    Olá Fabi.
    Estou indo para Suica com meu marido e filha de 4 anos. Teremos 5 dias e ficaremos baseados em interlaken, onde penso em passear 2-3 dias. Quais bate-volta vc nos sugeriria: Lucerna? Zurique? Ou algo outro legal? Com criança, vc acha mais fácil
    Carro ou trem?
    Obrigada pelas dicas.
    .

    Responder
    • Gisela

      Ah! O período será entre setembro

      Responder
    • Oi Gisela! Dá uma olhadinha nos posts de Lucerna e regiao (tem um de bate e volta a partir de Lucerna que vc pode aproveitar alguma coisa) e tb nos posts dos lagos Blausee e Oeschinensee que ficam relativamente proximos de Interlaken e vale muito a pena vc conhecer. Não iria ate Zurique. O transporte publico da Suiça funciona muito bem, mas talvez com crianças carro seja mais pratico e dê mais liberdade ne? olhe tambem o post dos lagos mais bonitos da Suiça. bjs

      Responder
  8. Luisa

    Oiiiii Fabi! Primeiro, queria falar que amo seu blog ❤️! Então, estou fazendo um roteiro p ir com meu marido em junho para Suíça! Pesquisando por aqui e com pessoas que já foram pensamos em fazer assim: chegamos em Zurique (2 noites), Lucerna (2), Villa Honegg (1), Interlaken (2), Zermatt (2) e Lausanne ou Genebra (1), pois voltamos de lá! O que você acha? Queria mto a sua opinião! Posso fazer todos esses trechos de trem? No caso vale a pena comprar o passe? Muuuuito obrigada!

    Responder
  9. Roberto Maciel

    Olá Fabi.
    Super enriquecedor o seu blog. Você foi fundo nos detalhes e nas inúmeras dicas enriquecedoras para quem vai à Suiça pela primeira vez. Parabéns pelo seu belíssimo trabalho.
    A dúvida que gostaria de esclarecer contigo é a seguinte: vou passar 10 dias na Suiça, de 16 a 26 de MAIO. Você acha que poderia aplicar este mesmo roteiro que você fez para setembro, ou teria algo a mudar/acrescentar/excluir?

    Responder
    • Muito obrigada querido! Acho que dá sim, apenas cheque por alguns teleféricos não funcionam em maio. Veja tb o roteiro que fizemos ano passado em abril pela Suíça + Maldivas. Ficamos 3 semanas na Suíça. bjs

      Responder
      • Roberto Maciel

        Muito obrigado pelo seu retorno. E parabéns, uma vez mais, pelo seu belo blog. Bjs

        Responder
Deixe seu comentário: