El Calafate – dicas e roteiro

Em 25/01/2018 por Fabi Gama

Uma das regiões que eu mais gosto no mundo é a da Patagônia – argentina e chilena. Conheço muito bem as duas e amo as paisagens, a gastronomia e os hotéis!

Já estive duas vezes em El Calafate (a primeira foi em 2005!). Na Patagônia argentina também já estive em El Chaltén, Ushuaia, Bariloche e Península Valdés.

Resolvi escrever sobre El Calafate que é um dos meus destinos preferidos por lá!

 

Como chegar

Voando pela cia áerea Aerolineas Argentinas a partir de Buenos Aires. Há vários horários de voos diretos por dia.

Ao chegar no aeroporto é possível pegar um táxi até o hotel ou, então, já contrate um transfer com antecedência com uma das agências indicadas ao final desse artigo.

Passeio de barco pelos glaciares

 

Melhor época

A melhor época para explorar a Patagônia é no verão – de novembro a março. Os meses de dezembro e janeiro são ainda mais ensolarados e quentes.

No entanto, o tempo na região é imprevisível. Pode fazer 4 estações no mesmo dia, por isso, carregue sempre casaco e capa de chuva, ainda que esteja fazendo sol.

Glaciar Perito Moreno

Quanto tempo

O ideal é ficar de 3 a 5 noites, dependendo dos passeios que você pretende fazer.

Icebergs que se desprendem dos glaciares

 

Roteiro

 

DIA 1

Chegada em El Calafate. Transfer do aeroporto até o hotel. Check-in no hotel. Aproveite para passear na rua principal da cidade, a Avenida Libertador San Martin, onde ficam os bares, restaurantes e lojinhas. Aproveite para caminhar até a Laguna Nimez que fica próxima da cidade (cerca de 1 km / entrada paga). Costuma haver flamingos por lá. Também é possível caminhar até o Lago Argentino de onde se tem uma vista das cordilheiras ao fundo. Outra opção é fazer o passeio até o Museu de Gelo que tem um Bar de Gelo em seu subsolo. Há um transfer gratuito que sai em frente da Oficina de Turismo no centro da cidade de hora em hora das 9h às 18h.  Recomendo reconfirmarem essas informações quando chegarem na cidade, pois podem ter sido alteradas.

centrinho de Calafate
centrinho de Calafate
centrinho de Calafate

 

DIA 2

Passeio de dia inteiro para o Glaciar Perito Moreno (caminhada leve pelas passarelas/mirantes com vista do Glaciar) + Mini Trekking.

Sugiro fazer o passeio que inclui o mini trekking sobre o glaciar. É um programa super diferente! Caminhar com “grampões nos pés” sobre o Glaciar Perito Moreno e no final do passeio tomar um whisky com gelo milenar do glaciar e comer chocolate. O mini trekking dura cerca de 1h30. Já os mais aventureiros podem optar pelo “big ice”, programa que tem cerca de 5h de duração sendo 2h30 de caminhada sobre o glaciar  (esse é mais caro e exige muito mais esforço). Usem tênis para poder encaixar bem nos grampões.

Mas quem preferir, pode fazer apenas o passeio  que leva até as passarelas para ver o Perito Moreno. Os “senderos” são de madeira e bem demarcados . A caminhada é leve e a paisagem é impressionante.

Só há uma lanchonete dentro do Parque Nacional, por isso é bom levar água e lanche.

Atenção : a entrada do parque tem que ser paga em dinheiro (peso).

Perito Moreno
Perito Moreno
Glaciar Perito Moreno
Glaciar Perito Moreno
Mini trekking sobre o glaciar
Mini trekking sobre o glaciar
Mini trekking sobre o glaciar
Mini trekking sobre o glaciar
Mini trekking sobre o glaciar
Mini trekking sobre o glaciar
Mini trekking sobre o glaciar
Mini trekking sobre o glaciar
Mini trekking sobre o glaciar
Mini trekking sobre o glaciar
Mini trekking sobre o glaciar
Mini trekking sobre o glaciar
Mini trekking sobre o glaciar
Mini trekking sobre o glaciar
Mini trekking sobre o glaciar
Mini trekking sobre o glaciar
Perito Moreno
Glaciar Perito Moreno
Mini trekking sobre o glaciar
Mini trekking sobre o glaciar
Mini trekking sobre o glaciar
Mini trekking sobre o glaciar
Mini trekking sobre o glaciar
Mini trekking sobre o glaciar
Mini trekking sobre o glaciar
Mini trekking sobre o glaciar

DIA 3 

Passeio de barco Ice Rivers Express que dura o dia inteiro e passa pelos glaciares Upsala e Spegazzini. Ou vocês podem optar por visitar a Estância Cristina – a visita já inclui um passeio de barco pelos glaciares. Eu não cheguei a conhecer a Estância, fiz o passeio tradicional de barco pelos glaciares. Esse passeio já inclui transporte desde os hotéis até o porto de onde sai o barco.

Atenção : a entrada do parque tem que ser paga em dinheiro (peso).

Passeio de barco pelos glaciares
Passeio de barco pelos glaciares
Icebergs que se desprendem dos glaciares
Icebergs que se desprendem dos glaciares
Passeio de barco pelos glaciares
Icebergs que se desprendem dos glaciares

DIA 4 

Aproveite a oportunidade para fazer um bate e volta de ônibus até El Chaltén (são cerca de 3h de estrada por trecho) . Chegando em El Chaltén, vocês passarão pelo centro de visitantes e receberão instruções a respeito do Parque Nacional e das trilhas. Sugiro a caminhada até Laguna Capri – que leva, aproximadamente, 3h (ida e volta). Tem uma vista linda para o Monte Fitz Roy.  Não precisa de guia. Lembrem-se de levar água, lanche, protetor solar e casaco impermeável.

Para checar os horários de ônibus de El Calafate para El Chaltén clique AQUI.

Se você tiver mais tempo e mais disposição para caminhar, vale a pena dormir 2 ou 3 dias em El Chaltén. A Juli fez isso e contou tudo sobre as trilhas. Para ler clique em El Chaltén – trilhas e dicas.

El Chaltén
El Chaltén
EL Chaltén
EL Chaltén
El Chaltén
EL Chaltén

DIA 5 

Também é possível fazer um bate e volta a partir de El Calafate até o belíssimo parque chileno Torres del Paine – particularmente eu não recomendo, porque o o deslocamento é muito grande, o passeio é muito longo e o Torres Del Paine merece mais tempo (também já estive 2x lá e amo de paixão).

Esse passeio tem cerca de 13h de duração – sai às 5h30 de Calafate e passa por duas aduanas : Argentina e Chile. Tenha os documentos em mãos (identidade com foto reconhecível ou passaporte). Dica: uma das paradas no parque é no Glaciar Grey. Há uma caminhada na beira do lago, é possível ver várias pedras de gelo que se desprendem do glaciar. Mas, recomendo que vocês não façam o passeio de barco até o glaciar mesmo que tenha tempo, pois além de ser caro, nem se compara aos demais glaciares que vocês verão em Calafate. Apenas caminhem pelo lago até o mirante que fica na parte direita do lago.

Torres del Paine

DIA 6

Dia livre em Calafate. Transfer para o aeroporto. Voo Calafate/Buenos Aires.

 

vista aérea do glaciar no voo de retorno

 

Hotéis

 

Os hotéis de El Calafate ficam bastante espalhados, prestem atenção ao escolher um, pois alguns ficam fora do centrinho.

 

Categoria Charmosos/Luxo

 

  • Esplendor El Calafate – um das melhores opções da cidade, foi o hotel em que nos hospedamos na segunda vez que estivemos por lá. É um hotel boutique 4 estrelas, bem localizado, com quartos amplos e bem equipados, Wi-Fi gratuito e conta ainda com spa, piscina aquecida e sauna e ótimo café da manhã. Para fazer a cotação e saber mais sobre o hotel clique em Esplendor El Calafate.

 

  • Posada Los Alamos – está situada no centro de El Calafate, próximo ao Lago Argentino. O hotel tem  spa, piscina coberta com janelas panorâmicas  e WiFi gratuito. Os quartos tem aquecimento, frigobar e TV a cabo. Para fazer a cotação e saber mais sobre o hotel clique em Posada Los Alamos .

 

  • Mirador del Lago –  tem ótima localização – fica bem em frente ao Lago Argentino, a 300 m do centro da cidade. Os quartos do hotel são confortáveis e bem equipados, alguns tem vista do lago. O buffet de café da manhã é variado e há um lounge com lareira e vista do lago bem aconchegante.  Para fazer a cotação e saber mais sobre o hotel clique em Mirador del Lago.

 

  • Xelena Hotel & Suites –   está localizado no Lago Argentino. O hotel tem um spa com uma piscina de 70 m². Os quartos são bem equipados com frigobar, cofre, TV LCD e DVD player. Esse hotel fica um pouco afastado do centro da cidade, mas disponibiliza transfer em horários diversos.  Para fazer a cotação e saber mais sobre o hotel clique em Xelena Hotel & Suites .

 

  • Calafate Parque Hotel – ótima localização bem no centro da cidade, confortável, quartos bem equipados e bom café da manhã. Bom custo x benefício. Para fazer a cotação e saber mais sobre o hotel clique em Calafate Parque Hotel.

 

 

 

Categoria Confortável/Econômica

 

  • Hotel Rincon del Calafate – Hotel com bom custo x benefício e boa localização. Quartos limpos e confortáveis, bom café da manhã. Para fazer a cotação e saber mais sobre o hotel clique em Rincon del Calafate

 

  • Hotel Lar Aike – Já me hospedei nesse hotel (na primeira vez em que estive em Calafate em 2005). Gostei bastante. É simples, mas atende muito bem. Fica na frente do lago Argentino, dez minutos de caminhada até a rua principal. Café da manhã e Wi-Fi incluídos. Para fazer a cotação e saber mais sobre o hotel clique em Lar Aike.

 

  • Patagonia Queen –  hotel boutique com acomodações confortáveis e tem ótima localização – a apenas 100 m do centro da cidade, perto do Lago Argentino. Os quartos possuem TV a cabo e banheira de hidromassagem privativa. Para fazer a cotação e saber mais sobre o hotel clique em Patagonia Queen. 

 

  • Complejo Don Pepe –  simples, bem localizado, confortável, tem preço bom e inclui café da manhã e wi-fi. Para fazer a cotação e saber mais sobre o hotel clique em Complejo Don Pepe.

 

 

Atenção :  estrangeiros pagando com cartão de crédito ou de débito estrangeiro estão isentos do  imposto  adicional (IVA) de 21% sobre a acomodação, mediante apresentação de um passaporte ou documento de identidade estrangeiro.

Hotel Esplendor

Agências de turismo

 

Se a sua viagem for durante a alta temporada, especialmente no revéillon ou no carnaval, reserve todos os passeios com antecedência. Abaixo algumas opções de agências que fazem os passeios que indiquei nessa matéria.

  • Agência : Argentina4u   – E-mail: info@argentina4u.com / Contato que fala português : Diego

 

 

 

Restaurantes

 

  •  Casimiro Biguá – esse é um dos melhores de El Calafate, especialmente para experimentar o famoso cordeiro patagônico (é uma opção mais cara). Endereço: Av. del Libertador Gral. San Martín 963, 9405.

 

  •    La Tablita – também é uma boa opção para comer carnes e cordeiro. Endereço : Rosales 28.

 

  •    Pietro`s  Café– bom custo x benefício, porções muito bem servidas que na maioria das vezes servem 2 pessoas (pergunte ao garçom antes de pedir). Endereço : Avda del Libertador 1002.

 

 

Para economizar : El Calafate tem um centrinho muito bonitinho, repleto de opções de bares, restaurantes, pizzarias e lugares para comer empanadas.

 

 

Casimiro Biguá
Casimiro Biguá
Casimiro Biguá
Casimiro Biguá
centrinho de Calafate
centrinho de Calafate
Casimiro Biguá
Casimiro Biguá
centrinho de Calafate

 

Câmbio

 

Não deixem para trocar dinheiro na Patagônia, o ideal é trocar em Buenos Aires. Se quiserem trocar no câmbio oficial, façam isso no Banco de la Nacion nos aeroportos (oferece uma boa cotação normalmente) – tem agência tanto em Ezeiza quanto no Aeroparque.  As corretoras de câmbio do centro da cidade às vezes têm cotações um pouco melhores, mas só funcionam durante a semana, em horário bancário.

Não contem com o caixa eletrônico que tem em Calafate, muitas vezes não tem dinheiro na máquina para sacar. Em regra é melhor levar dólares do que real para a Patagônia, pois o câmbio do real para peso não costuma ser tão favorável.

EL Chaltén

 

O que levar

 

Independentemente da época do ano que você pretende visitar a Patagônia,  é preciso levar várias camadas de roupas, inclusive jaquetas e botas impermeáveis. O que não pode faltar na sua mala:

  •  blusa e calça térmica (1ª camada)
  •  meias de lã
  •  bota de trilha, de preferência, impermeável. Não faça as trilhas longas com tênis comum! Use um calçado apropriado e confortável. A minha eu comprei na Decathlon.
  •  casaco fleece/polar (2ª camada)
  •  luvas, gorro e cachecol
  •  calça impermeável
  •  jaqueta tipo “corta vento” e impermeável
  •  mochila impermeável ou capa impermeável para mochila. Existem também alguns sacos impermeáveis bons para guardar equipamentos que não podem molhar, como câmeras e celulares.
  •  protetor solar e óculos de sol
  •  Camisetas leves para colocar por baixo de tudo porque alguns dias podem ser bem quentes durante o verão.

 

 

Dicas importantes

 

  • Atenção : em regra as entradas dos parques nacionais não estão incluídas em nenhum dos passeios. É preciso pagar em dinheiro (peso) quando chegar no parque.

 

  • Não contem com o caixa eletrônico que tem em Calafate, muitas vezes não tem dinheiro na máquina para sacar.

 

  • As tomadas na Argentina são diferentes das do Brasil. Recomendo levarem um adaptador universal.

 

 

Daqui pra onde

 

Planeje a sua viagem:

Se você gosta das nossas dicas, nos ajude a manter o blog fazendo as reservas pelos links indicados. Recebemos uma pequena comissão e você não paga nada a mais por isso!
  • Booking.com - confesso que minha vida de viajante mudou depois da criação do Booking.com. Acho sensacional, sou fã de carteirinha! Todas as ferramentas do site são excelentes e sempre que tive qualquer tipo de problema fui prontamente atendida pelos funcionários (existe a opção de atendentes que falam português, o que é ótimo!). Nunca tive problema de chegar em um hotel e a minha reserva não estar lá (mas fechando direto com os hotéis isso já aconteceu). Clicando aqui você pode fazer suas reservas diretamente pelo nosso blog sem custos adicionais.
 
  • Hotéis.com - você também pode fazer sua reserva de hotéis pelo Hoteis.com. A vantagem é o parcelamento em até 12x sem juros.
 
  • O seguro de viagem é um dos itens mais importantes da viagem! Eu não viajo sem! Ninguém está livre de ficar doente ou sofrer um acidente durante as férias. Imagine quanto isso pode custar em um país como Suíça, Eua ou Noruega? Além disso, o seguro é obrigatório nos países membros da Comunidade Européia (Tratado de Schengen). Aqui no blog você pode fazer a sua cotação pela Seguros Promo que possui várias seguradoras conveniadas. A vantagem é fazer a cotação on-line, ou seja em apenas um clique, você compara o custo x benefício das melhores seguradoras do mercado. A contratação é on-line e você recebe a apólice por email. É possível parcelar em até 12x sem juros no cartão de crédito (parcela mínima de 40,00 reais).Para fazer sua cotação clique AQUI e insira os dados solicitados (destino, período da viagem, nome, email e telefone). Logo em seguida vai aparecer uma lista com todas as seguradoras e os valores cobrados. Leitores do blog tem 5% de desconto - basta inserir o código LOUCOSPORVIAGEM5.
 
  • Rentalcars.com - nós fazemos muitas road trips e esse site é espetacular!! É muito fácil efetuar uma reserva (e também cancelar, caso necessário) e sempre encontramos os melhores preços. O site compila todas as grandes companhias de aluguel de carro (Hertz, Avis, Budget etc) e também locadoras locais. Você pode fazer a sua reserva aqui no blog também por esse link sem custos adicionais.
 
  • Chip de internet no exterior - Graças ao chip de celular da EasySim4u nós estamos sempre conectados durante todas as nossas viagens internacionais. Eu recebo o chip em casa pelos correios e no avião já coloco no celular. Muito prático!!!! Quando chego no destino só preciso ligar o celular e pronto! A internet já começa a funcionar. Acho muito melhor do que desembarcar no destino e ainda ter que procurar por um chip. Já usei o chip da Easysim4u em vários países : Itália, Espanha, Suíça, Áustria etc. Para saber mais sobre como comprar e como funciona o chip clique AQUI para ler a matéria onde expliquei tudo. O plano para Europa é o DATA PLAN com SIM na opção de roaming 140 países. Os planos para países fora dos EUA e Canadá são apenas de DADOS, ou seja, não tem nem ligações e nem SMS. Para adquirir, basta acessar o site clicando em : EasySim4u.
 
  • Ingressos - Reserve seus ingressos para as principais atrações turísticas do mundo todo com antecedência e evite filas. A GetYourGuide é a maior plataforma online do mundo para reservas de excursões e atrações turísticas. Para acessar o site clique AQUI.
Fabi Gama
Fabi Gama: Carioca, taurina, casada, 37 anos, advogada, louca por viagem, fotografia, chocolate e pela Grécia. Conhece o calendário de feriados de cor e salteado! Já carimbou seu passaporte em 50 países e pretende conhecer muitos outros! Acompanhe as aventuras pelo instagram e snapchat @loucosporviagem.
Gostou? Compartilhe!
  • Print Friendly, PDF & Email
  1. RENATA

    Amei a matéria!!!
    Fui em 2009 pra lá e to doida pra voltar!

    Responder
    • eh um lugar que acho que um dia ainda volto tb! gosto demais de toda a Patagônia. bjs

      Responder
Deixe seu comentário: