Fairmont Le Montreux Palace – um hotel de luxo que respira música

Em 26/04/2017 por Fabi Gama

Em março/17 fizemos uma viagem incrível de 30 dias que começou na Suíça (4 noites), depois seguimos para as Maldivas (7 noites) e voltamos para a Suíça e França por mais 18 dias.

Nossa penúltima base foi na charmosa Montreux, na Riveira Suíça, cidade que respira música.

Nos hospedamos por três noites, a convite, no super tradicional Faimont Le Montreux Palace, que tem o selo da Leading Hotels of the World.

Um hotel elegante, sofisticado e com uma localização perfeita!

Para ler o post com nosso roteiro completo dia a dia clique aqui.

Fairmont Le Montreux Palace – às margens do Lago Léman

Localização

O Faimont Le Montreux Palace tem uma localização perfeita : está situado às margens do Lago Léman com vista para os alpes, no coração da Riveira Suíça em Montreux.

É muito fácil chegar ao hotel de carro ou de trem. A estação fica a 5 minutos de caminhada do hotel assim como as lojas, restaurantes e o cassino da cidade.

O aeroporto de Genebra fica a 1h de distância e o de Zurique a 2h30.

Os hóspedes do hotel Faimont Le Montreux Palace recebem um cartão turístico para usar durante a estadia que, além de descontos nas principais atrações da região, dá direito ao uso do transporte público gratuitamente (bus e funicular) durante a estadia.

Piquenique nos jardins do Fairmont Le Montreux Palace

Explorando a florida cidade de Montreux com a bike do hotel

Château de Chillon – o castelo mais visitado da Suíça

Infraestrutura

O Faimont Le Montreux Palace, construído em 1906, é o hotel que recebe as celebridades durante o famoso Festival de Música de Montreux que acontece todos os anos nas duas primeiras semanas de julho.

Diversas personalidades importantes da música já se hospedaram por lá, entre eles, Freddie Mercury, Prince, James Brown, BB King e Quincy Jones

O hotel tem um spa maravilhoso com 2.000m2 que oferece piscinas climatizadas interna e ao ar livre, hidromassagem e saunas.

Durante os meses mais quentes, são colocadas várias espreguiçadeiras na área externa do spa bem em frente ao Lago Léman.

Nos dias ensolarados e quentes de verão, os hóspedes também podem nadar no lago. Eu adoro! Não posso ver água que já quero entrar, mas em abril, apesar dos dias lindos que pegamos, a água do lago ainda estava fria demais para nadar.

O spa oferece uma gama de tratamentos corporais e massagens.

Para aqueles que não abrem mão de malhar nem mesmo quando estão de férias, o hotel tem um fitness center que é muito bem equipado.

Outra opção é pegar uma bike no hotel. Seguimos até o Château de Chillon de bicicleta pelas margens do lago. Um passeio delicioso (cerca de 30/40 minutos parando para fotos), até porque havia muitas flores pelo caminho e eu enlouqueço! (rs!). Como visitamos essa região na primavera, havia tulipas e cerejeiras por todos os lados. Uma dica : a bike é gratuita para os hóspedes que fazem parte do programa de afiliados do Fairmont! Nós nos inscrevemos na recepção super rapidinho e não precisamos pagar pelo uso das bikes.

As áreas comuns do hotel são puro glamour! Há diversos salões com ambientes super elegantes. É um hotel tradicional com mais de 100 anos de história.

Outro momento inesquecível durante nossa estadia foi o pôr do sol!! O sol se põe praticamente em frente ao hotel, entre as montanhas que cercam o lago. Maravilhoso!

Spa do hotel Fairmont Le Montreux Palace

Spa do hotel Fairmont Le Montreux Palace

Spa do hotel Fairmont Le Montreux Palace

Spa do hotel Fairmont Le Montreux Palace

Spa do hotel Fairmont Le Montreux Palace

Jardins do Spa do hotel Fairmont Le Montreux Palace

Academia de frente para o Lago Léman

Spa do hotel Fairmont Le Montreux Palace

Jardins do Spa do hotel Fairmont Le Montreux Palace

Pedalamos do hotel até o Château Chillon

Momento imperdível do dia : Pôr do sol

Momento imperdível do dia : Pôr do sol quase em frente ao hotel

Pôr do sol em Montreux

Jardins floridos de Montreux

Lobby do Fairmont Le Montreux Palace

Fairmont Le Montreux Palace

Suítes

O hotel possui 236 suítes.

A nossa suíte era espaçosa, confortável e com uma decoração muito sofisticada e elegante. Um luxo!

Não tenho nem palavras para descrever a vista : nossa varanda era de frente para o Lago Léman e para os alpes.

Além dos quartos terem isolamento acústico e serem super silenciosos (algo que eu prezo bastante em hotéis), a nossa suíte era muito bem equipada com uma deliciosa cama king size, TV de LCD com canais a cabo, telefone, cofre, uma sala de estar com sofás, varanda com vista para o lago, minibar, cafeteira Nespresso, armário e ar condicionado.

O banheiro tinha um ótimo chuveiro com banheira de hidromassagem separada, duas pias, secador de cabelo, roupões, pantufas e amenidades de banho.

À noite é feito o serviço de “abertura de cama”, deixando o quarto preparado para uma boa noite de sono! Normalmente nesse momento a camareira deixa um docinho e a previsão do tempo para o dia seguinte, além de arrumar a cama e fechar as cortinas.

No momento do check-in os hóspedes podem solicitar o jornal diário, que é entregue todos os dias pela manhã no quarto do hotel.

varanda da nossa suíte

Vista da nossa suíte para o Lago Léman e alpes

Vista para os jardins do Fairmont Le Montreux Palace

Nossa suíte – espaçosa, confortável e elegante

Gastronomia

O delicioso e farto buffet de café da manhã é servido em um restaurante todo envidraçado com vista para o lago e para os alpes. Durante o verão há mesinhas no terraço ao ar livre também. A variedade do buffet é impressionante, tudo com qualidade de primeira. São diversas opções de pães, frutas, queijos, frios, cereais, ovos, geléias, mel, panquecas, bolos, sucos, pratos da culinária local (como batata rostie, salsichas etc), salmão, camarão.. nossa! Muito bom!! Também há algumas opções lights para quem quer manter a dieta.

O café da manhã também pode ser servido na suíte, a pedido do hóspede.

O hotel tem alguns bares e restaurantes. Nós não jantamos nenhuma noite por lá, mas conhecemos o Funky Claude’s Bar que tem um ambiente casual e música ao vivo. Bom para tomar uns drinks após o jantar. O martini de chocolate é uma delícia.

Alguns dos sanduíches do cardápio foram inspirados em pedidos de celebridades e levam os seus respectivos nomes.

Durante o verão, o restaurante La Terrasse du Petit Palais de culinária mediterrânea oferece uma bela vista linda do lago e dos Alpes.

O serviço de quarto funciona 24 horas.

Belo salão onde é servido o buffet de café da manhã

Belo salão onde é servido o buffet de café da manhã

Buffet de café da manhã : uma perdição

tinha até doce de leite!

Funky Claude’s restaurante

Funky Claude’s restaurante

Funky Claude’s bar – música ao vivo

O Fairmont e a Música

Como já falei, o Fairmont faz parte da história da música. Devido a sua proximidade com o teatro onde ocorre o Festival de Jazz de Montreux, muitas celebridades já se hospedaram nas suítes do hotel, como Freddie Mercury, Prince, James Brown, BB King, Miles Davis, Santana, Quincy Jones… e muitos outros.

No período do Festival a cidade ferve com jams sessions, audiências e música nas praças e locais públicos de Montreux. Além é claro do palco principal no Teatro, onde as principais atrações se apresentam. Quem se hospeda no Fairmont neste período tem a chance de presenciar músicos famosos tocando juntos nos bares e salões do hotel ao final do dia e por toda a madrugada.

O Rock’n Roll certamente não seria o mesmo sem Montreux e o Fairmont. A história do Queen e do Deep Purple estão ligadas a este local. Em 1971 o Deep Purple desembarcou em Montreux para gravar nos studios Mountain o álbum que posteriormente seria um de seus maiores lançamentos, Machine Head. Mas um incêndio provocado por um sinalizador durante um show de Frank Zappa, no Cassino de Montreux, atingiu também o vizinho studio Mountain, destruindo os planos do Deep Purple.

Claude Nobs (conhecido como Funky Claude) idealizador do Festival, sensibilizado com o episódio passou a buscar lugares para substituir o estúdio e convenceu os membro do Deep Purple a permanecerem na cidade, afinal todos os equipamentos e instrumentos já haviam chegado e estavam prontos.

A solução foi usar um dos salões do Hotel Fairmont Le Montreux Palace como estúdio improvisado, onde foi iniciada a gravação do disco. Para conter o som alto e evitar a polícia, foram colocados colchões no perímetro do salão de forma a abafar o som e melhorar a acústica.

Um dos hinos do Rock’n Roll mundial – a música Smoke on the Water – conta exatamente esta história. Para o meu marido, que ama rock, foi emocionante conhecer o salão onde Richie Blackmore, ex- guitarrista do Deep Purple, dedilhou pela primeira vez o Riff de guitarra mais tocado da história.

Mesmo que você não conheça o Deep Purple, não conheça a música nem a letra, certamente conhece o Riff e ele foi composto no Hotel Fairmont Le Montreux Fairmont.

Após o incêndio em 1971 o estúdio foi reformado e em 1978 o Queen resolveu comprá-lo. Pois além da qualidade técnica do mesmo, a cidade de Montreux possuía os quesitos requisitados pela banda: lugar calmo, tranquilo e sem o assédio da mídia, uma grande qualidade dos discretos suíços. Sendo assim, o ambiente ideal para a composição e gravação dos novos álbuns.

Assim foi feito, todos os álbuns do Queen desde Jazz até o seu último Made in Heaven, foram gravados no Studio Mountain. Outras estrelas também o usaram como AC/DC, Iggy Pop, David Bowie, Rolling Stones, Yes, e incontáveis estrelas do Jazz.

Após a morte de Freddie Mercury o estúdio funcionou por mais alguns anos encerrando suas atividades em 1996. Em 2013 o local foi transformado no Queen Experience, uma espécie de museu interativo no qual os fãs do Queen podem experimentar o ambiente e a atmosfera onde o Queen compôs e gravou várias músicas. No museu há vários itens originais da história da Banda: trajes, letras, instrumentos, equipamentos, partituras, manuscritos, fotos… Programa imperdível para os fãs do Queen.

A principal atração do Queen Experience é a sala de gravação  onde Freddie Mercury gravou os seus últimos vocais. Após uma breve e divertida introdução feita por Roger Taylor e Brian May, baterista e guitarrista respectivamente, o visitante tem a oportunidade de sentar à mesa de gravação, posicionada no mesmo local do original, e remixar duas faixas: Made in Heaven e Mother Love, criando a sua própria versão para estas músicas.

O “Queen – The Studio Experience Montreux” funciona dentro do Cassino de Montreux todos os dias das 10h30 às 22h30 e está localizado no Cassino de Montreux. A entrada é gratuita.

Claude Nobs, idealizador do Festival de Jazz de Montreux por Romero Britto que também já se hospedou no Faimont Le Montreux Palace

The Queen Experience

The Queen Experience

Equipe

Um dos pontos que merece destaque no hotel é a equipe altamente qualificada. Os funcionários são muito prestativos, educados, simpáticos e falam diversos idiomas, incluindo alemão, inglês, francês e português.

A recepção funciona 24h e o hotel tem serviço de concierge para ajudar os hóspedes com reservas de passeios, aluguel de carro, restaurantes, transfer, etc.

Primavera em Montreux

Amo cerejeiras!

Outras informações

O acesso Wi-Fi em todo hotel, incluindo nas suítes, é gratuito e funciona muito bem.

O hotel aceita crianças, mas existem alguns horários específicos que os pequenos podem frequentar o spa (piscinas) :  crianças são bem-vindas no Willow Stream Spa apenas entre 14:00 h e 18:00 h, de segunda-feira a sábado, e entre 09:00 h e 12:00 h e 15:00h e 18:00 h aos domingos. As crianças devem estar acompanhadas por um adulto.

O estacionamento é privativo e custa 45 CHF por noite. Não é preciso reservar com antecedência.

Montreux repleta de tulipas de todas as cores

Pedalando na promenade do Lago Léman

Considerações finais

O Faimont Le Montreux Palace é um hotel tradicional de luxo com localização perfeita para explorar a Riviera Suíça. Fica em uma região belíssima, a suíte é muito confortável, o spa é sensacional e o serviço merece destaque! Vale a pena visitar essa região especialmente nos meses mais quentes (entre primavera e outono).

Cherry blossom em Montreux

Dados úteis

O Fairmont Le Montreux Palace tem o selo de luxo da Leading Hotels of the World.

Para acessar o site oficial do hotel clique aqui.

Endereço : Av. Claude-Nobs 2, 1820 Montreux, Suíça.

Para reservar clique em Booking.com .

Pôr do sol em Montreux

Matérias relacionadas

Fabi Gama
Fabi Gama: Carioca, taurina, casada, 37 anos, advogada, louca por viagem, fotografia, chocolate e pela Grécia. Conhece o calendário de feriados de cor e salteado! Já carimbou seu passaporte em 50 países e pretende conhecer muitos outros! Acompanhe as aventuras pelo instagram e snapchat @loucosporviagem.
Gostou? Compartilhe!
  • Print Friendly, PDF & Email
Deixe seu comentário: