Maldivas : tudo que você precisa saber sobre o paraíso

Em 25/04/2017 por Fabi Gama

O belíssimo atol dos hotéis Anantara Veli e Dhigu

Onde fica

A capital do país, onde fica o aeroporto internacional, é Malé.

Foi uma colônia britânica e obteve a independência em 1965.

O turismo começou a ser desenvolvido no início da década de 70. O primeiro hotel foi inaugurado em 1972.

Bancos de areia no atol dos hotéis Anantara Veli e Dhigu

Como chegar

Como expliquei no post com o nosso roteiro completo dia a dia dessa viagem de 30 dias pelas Maldivas, Suíça e França (para ler clique aqui), compramos os trechos Rio/Zurique/Male/Zurique/Rio diretamente no site da Swiss Air, sendo que os três primeiros trechos foram realizados em voos direto da cia aérea Edelweiss e o último pela Lufthansa com conexão em Frankfurt. Para todos esses trechos pagamos R$ 4.000,00 por pessoa.

Atenção na hora de fazer essa simulação do site da Swiss Air, pois os voos de Zurique para Malé (capital das Maldivas) não são diários. Os voos Zurique/Malé saem sempre aos sábados e quartas à noite e o retorno (Malé/Zurique) se dá aos domingos e quintas (voo diurno).

Outra dica de quem gostou da minha idéia de ir as Maldivas conjugando com Europa é que as cias aéreas alemães Lufthansa e Condor também têm voos direto para Malé saindo de Frankfurt.

Como eu falei,  a passagem saiu metade do valor que sairia (nas minhas datas) viajando via Dubai. Em relação ao tempo de deslocamento dá quase a mesma coisa – via Suíça foi um voo de 11h (Rio/Zurique) + um voo de 9h/10h (Zurique/Malé). Já indo via Dubai é um voo de 14h (Rio/Dubai) + uma espera de cerca de 6h no aeroporto + um voo de 5h (Dubai/Malé).

 

Cercada por um enorme cardume / Maiô AdoroMar

Documentos e vacinas

Ao desembarcarmos no aeroporto de Malé, os trâmites de imigração foram super rápidos. Brasileiros e europeus não precisam de visto nem pagam nenhuma taxa para entrar no país. Apenas tivemos que preencher um formulário que nos foi entregue no avião.

Mas atenção: para brasileiros é obrigatório apresentar o certificado de vacinação contra febre amarela!!! Mesmo eu que entrei no país com o passaporte português (mas moro no Brasil), tive que ir para uma outra fila apresentar o certificado internacional da vacinação contra a febre amarela, sem o qual você não entra nas Maldivas! Foi feito um rápido registro e seguimos para pegar nossa mala, que saiu bem rápido.

Anantara Veli

Onde se hospedar

Essa é a parte mais difícil! São cerca de 150 opções de hotéis, a grande maioria de luxo. Mas depois de muita pesquisa eu escolhi o Anantara Veli  por vários motivos (para ler a review completa do hotel clique aqui):

  • É um hotel 2 em 1, já que os hóspedes também podem usar a estrutura do vizinho Anantara Dhigu. Um barquinho gratuito faz a travessia entre os dois hotéis frenquentemente durante o dia inteiro até às 23h30.

 

  • O Anantara Veli é exclusivo só para adultos (já o Anantara Dhigu aceita crianças). O hotel é perfeito para quem busca paz e tranquilidade.

 

  • O acesso ao hotel é feito em 35 minutos de lancha rápida e eu não queria ter que pegar mais um voo, nem mesmo de hidroavião.

 

  • O atol onde fica o Anantara é SURREAL de lindo!!!! Li muito sobre isso e pra mim era mais importante ficar em um atol de fazer cair o queixo como esse do que ficar em um hotel mais luxuoso (o luxo no Anantara é na medida). O atol é muito grande, tem as duas ilhas dos hotéis Veli e Dhigu e ainda uma ilha de apoio para os funcionários e também duas ilhotas que podemos chegar de stand up ou Caique. Então, são muitas opções de praias nesse atol.

 

  • Todos os bangalôs do Anantara Veli ficam sobre a água!!! O hotel tem um bom custo x benefício se comparado a outros hotéis nas Maldivas (vi vários muito mais caros).

 

Stand up no Anantara Dhigu

caiaque incluído na diária do hotel

Melhor época

A melhor época para visitar as Maldivas vai de novembro a abril (seca). Claro que também é a época mais cara por ser alta temporada. Mas eu acho que não vale a pena ir para um lugar maravilhoso desses de praia e correr o risco de pegar chuva, né? Além de ser Longe demais (rs!). Não vale o risco. O período de chuvas vai de maio a outubro. Mas nessa época as tarifas dos hotéis são bem mais atraentes.

A temperatura da água do mar durante os meses de março e abril varia de 25 a 27 graus. É muito quentinha. E pegamos a temperatura ambiente entre 30 e 32 graus.

Nosso bangalô sobre as águas no Anantara Veli

Quanto tempo

Nós ficamos 7 noites e foi perfeito. Claro que eu ficaria 10/14 dias tranquilamente se pudesse. Mas não recomendo ficar menos do que 7 noites por vários motivos : fica longe demais, o fuso horário é muito grande e para você entrar no clima e realmente curtir cada pedacinho desse paraíso sem pressa vale a pena ficar pelo menos 7 noites.

Pôr do sol incrível em frente ao Anantara Dhigu

O que fazer nas Maldivas

Lembre-se que a escolha do hotel nas Maldivas é fundamental! No Anantara Veli há diversas atividades como caiaque, stand up, snorkel, academia, spa, cooking class, yôga, quadra de tênis, piscina, mergulho e outras atividades aquáticas, além de cinema ao ar livre três vezes por semana. Também pudemos usar toda a estrutura do hotel vizinho Anantara Dhigu que fica em uma ilha maior e tem até bike à disposição dos hóspedes além de praias incríveis! Há várias redes espalhadas pelos hotéis dentro e fora da água. Um charme!

Para ler a matéria com todos os detalhes sobre o Anantara Veli clique aqui.

Piscina do Anantara Dhigu

Bike no Anantara Dhigu

Área da piscina no Anantara Veli

Redes no Anantara Veli

Stand up no Anantara Dhigu

O que levar na mala

Eu e meu marido viajamos para as Maldivas só com uma mala de 20 kg para nós dois. As nossas malas de inverno ficaram na Suíça.

Nas Maldivas a gente só usa biquíni/maiô, saída de praia e chinelo o dia todo!

Não levem salto! Os caminhos dentro do hotel são de areia! Para jantar à noite eu levei uma rasteirinha e alguns vestidos leves mais arrumadinhos.

Lembrem-se que as Maldivas são um país muçulmano! Fora dos hotéis as mulheres devem cobrir os ombros e os joelhos.

Também não deixe de levar : protetor solar, repelente, chapéu/boné, bóia, óculos de sol, câmera a prova d`água como GoPro, roupa de academia e tênis para aqueles que forem malhar (tanto o Veli quanto o Dhigu têm academia).

Não precisa levar máscara, snorkel e nadadeiras pois você pega emprestado (gratuito) com o hotel logo no primeiro dia e só precisa devolver quando for embora.

Maiô lindo da Adoro Mar – Para ver outros clique no site : AdoroMar.com.br

O que é proibido

É proibida a entrada de bebidas alcoólicas no país! Por isso, não levem vinho/espumante na mala! As garrafas ficam apreendidas no aeroporto e são devolvidas no dia da sua saída.

Também está proibido o uso de drones em diversos hotéis com intuito de garantir a privacidade dos hóspedes. No Anantara Veli e no Dhigu é proibido. Recomendo que vocês enviem um e-mail ao hotel em que forem se hospedar perguntando se é permitido o uso dos drones.

No formulário de entrada no país que preenchemos também dizia ser proibida a entrada de objetos que ofendessem o islamismo. Uma seguidora comentou em um post meu no Instagram que ela havia comprado um crucifixo na Europa e que não pôde entrar as Maldivas com ele. Eu sinceramente não interpretei dessa forma. Entendi que apenas objetos ofensivos seriam proibidos. Eu não tinha nada religioso comigo (Bíblia, cruz etc), então não posso falar. Mas já fica o alerta.

área da piscina no Anantara Veli

Moeda

A moeda oficial é Maldivian Rufiyaa (MVR). Mas não se preocupe com isso pois você só usará dólar por lá. Todos os preços dentro dos hotéis são em dólar e todas as despesas do hotel são pagas em dólar ou com cartão de crédito. Não se esqueça de fazer o aviso viagem no seu cartão de crédito pois no momento do check in é feito um depósito garantia. No nosso caso, no hotel Anantara Veli, o depósito garantia no cartão de crédito para consumo de 7 noites foi de 1.400,00 dólares. Nós já tínhamos pago as diárias previamente. No momento do check out optamos por pagar as despesas em dinheiro (dólar).

Entardecer no Anantara Dhigu

Idioma

O idioma oficial é o Maldivian, mas dentro dos hotéis todos os funcionários falam inglês.

Há muitas redes e gazebos espalhados pelos hotéis

Fuso horário

As Maldivas têm o fuso horário de 8 horas a mais que o Brasil e 4 horas a mais que a Europa (isso considerando o horário oficial). Durante o horário de verão essa diferença cai para 7 horas e 3 horas respectivamente.

Ilhota próxima do Anantara Veli

Sobre as malas

Como viajamos com 3 malas de 20kg – 2 malas para Europa e 1 única mala para nós dois nas Maldivas, deixamos as nossas malas de Europa no hotel Baur au Lac em Zurique, onde nos hospedamos quando voltamos das Maldivas. Também existe um locker no aeroporto de Zurique, que inclusive nós já usamos, mas dessa vez eram 2 malas grandes por 8 noites e sairia quase 200 francos, por isso, preferi pedir ao hotel que guardasse as malas e não houve problema algum. De qualquer forma, a gente poderia ter levado todas as malas para as Maldivas, pois a nossa passagem dava direito a 2 malas de 32kg por pessoa para todos os trechos.

Outro maiô com estampa linda e costas nuas da Adoro Mar – Para ver outros clique no site : AdoroMar.com.br

Taxas e Impostos

Uma coisa que encarece bastante essa viagem são as taxas e impostos. Fique atento pois sobre absolutamente tudo que você consumir no hotel e também sobre os passeios, transfers e até sobre as diárias há uma cobranca de 12% de imposto + 10% de serviço, totalizando 22%.

Não esqueçam de levar bóia para o paraíso

Sobre a internet

Como vocês sabem, tenho usado o chip da EasySim4u durante minhas viagens ao exterior. O chip funciona em 140 países, mas não tem cobertura nas Maldivas! Por lá usamos a conexão do próprio hotel. No Anantara Veli a internet funcionava muito bem, inclusive dentro no nosso bangalô e eu conseguia colocar diversos vídeos no instastories durante nossa estadia. Já no Anantara Dhigu a internet era bem mais lenta.

redes no meio do mar

Restaurantes

Dentro dos hotéis Anantara Veli e Dhigu há diversas opções de bares e  restaurantes (japonês, thai, italiano, internacional etc).

Alimentação não é algo barato nas Maldivas porque a logística é bastante complexa : absolutamente tudo vem de outros países da Ásia e Europa.

Na matéria sobre o hotel Anantara Veli vou explicar melhor (valores, pacotes etc).

Anantara Dhigu

Tratamento de esgoto

Achei muito curioso porque durante a nossa estadia nas Maldivas, vários seguidores me perguntaram a respeito do tratamento de esgoto por lá.

Todos os bangalôs têm encanamento e os hotéis Anantara Veli e Dhigu têm uma estação de tratamento de esgoto.

Essa questão do lixo é um problema para um país como as Maldivas.

Achei muito bacana a iniciativa da cia aérea Edelweiss. Todos os passageiros recebem uma sacola plástica para guardar o seu lixo (não orgânico como latas, garrafas, embalagens) durante a estadia nas Maldivas. No dia do voo de volta basta entregar a sacola com o lixo no momento do check in. A cia aérea Edelweiss leva o lixo dos passageiros de volta para a Suíça (não é à toa que amo esse país!).

Vídeos no Youtube

Coloquei todos os vídeos que fiz nos Stories do Instagram durante nossa estadia nas Maldivas no YouTube! Quem quiser ver basta entrar na nossa página do YouTube  clicando em LoucosPorViagemByFabi . Aproveite para se inscrever!

Passarela que leva ao incrível spa do Anantara Dhigu

Como organizar sua viagem

Basicamente você precisa comprar as passagens aéreas diretamente no site da cia aérea escolhida (via Europa ou via Dubai), escolher muito bem um hotel (isso faz toda a diferença já que você não sai do hotel), fazer a reserva diretamente no site do hotel escolhido ou usando sites como Booking.com ou Hotéis.com (nesse último a vantagem é o parcelamento em até 12x sem juros) e informar ao seu hotel o seu horário de chegada para que ele providencie o seu transporte até o hotel.

Alguns hotéis são acessíveis de barco e em outros é preciso voar de  hidroavião ou até de avião mesmo (nos hotéis que ficam mais distantes de Malé). Em regra esse deslocamento a partir do aeroporto é cobrado pelos hotéis. No caso do Anantara Veli e Dhigu custa 240,00 dólares por pessoa ida e volta. No caso dos hotéis que precisam de avião ou hidroavião sai mais caro.

Para quem preferir o apoio de uma agência de viagens de luxo, recomendo a GSP Travel.

Um enorme banco de areia! Lindo demais!

Planeje a sua viagem

Se você gosta das nossas dicas, nos ajude a manter o blog fazendo as reservas pelos links indicados. Recebemos uma pequena comissão e você não paga nada a mais por isso!

  • Hotéis.com – Dica : usando o link do Hoteis.com para reservar o Anantara Veli ou o Anantara Dhigu você pode parcelar em 12x sem juros. Atenção : O Anantara Veli é só para adultos, já o Anantara Dhigu aceita crianças e tem toda a infraestrutura necessária para os pequenos. Hóspedes dos dois hotéis podem usar toda a estrutura de ambos.

 

  • Booking.com – confesso que minha vida de viajante mudou depois da criação do Booking.com. Acho sensacional, sou fã de carteirinha! Todas as ferramentas do site são excelentes e sempre que tive qualquer tipo de problema fui prontamente atendida pelos funcionários (existe a opção de atendentes que falam português, o que é ótimo!). Nunca tive problema de chegar em um hotel e a minha reserva não estar lá (mas fechando direto com os hotéis isso já aconteceu). Clicando aqui você pode fazer suas reservas diretamente pelo nosso blog sem custos adicionais.

 

  • Seguro Viagem –  é um dos itens mais importantes da viagem! Eu não viajo sem! Ninguém está livre de ficar doente ou sofrer um acidente durante as férias. Imagine quanto isso pode custar em um país como Suíça, Eua ou Noruega? Além disso, o seguro é obrigatório nos países membros da Comunidade Européia (Tratado de Schengen). Eu, particularmente, não tenho coragem de viajar apenas com seguros oferecidos por cartões de crédito. Aqui no blog você pode fazer a sua cotação pela Real Seguros que possui várias seguradoras conveniadas. A vantagem é que, em apenas um clique, você compara o custo x benefício de mais de 10 seguradoras. A contratação é online e você recebe a apólice por email. É possível parcelar em 6x sem juros no cartão de crédito ou ter 5% de desconto para pagamento à vista. Clique aqui para fazer a sua cotação.

 

  • Site para compra da passagem : Swiss Air (voamos pela cia Edelweiss, parceira da Swiss Air).

 

 

Piscina do Anantara Veli

Matérias relacionadas

Fabi Gama
Fabi Gama: Carioca, taurina, casada, 37 anos, advogada, louca por viagem, fotografia, chocolate e pela Grécia. Conhece o calendário de feriados de cor e salteado! Já carimbou seu passaporte em 50 países e pretende conhecer muitos outros! Acompanhe as aventuras pelo instagram e snapchat @loucosporviagem.
Gostou? Compartilhe!
  • Print Friendly
  1. Vanessa

    Linda a matéria!!Tive que botar os oculos escuros pra proteger meus olhos desse azul brilhante estonteante rsrs

    Responder
  2. Samira

    Espetacular!! Agora a dúvida… Maldivas ou Polinésia
    Francesa? Vcs conhecem Bora Bora? Estou na dúvida cruel… me ajuda Fabi!

    Responder
    • Oi Samira! Ainda não conheço Polinesia Francesa (tem um post aqui no blog de uma convidada). Mas apaixonei muuuito pelas Maldivas 🙂

      Responder
  3. Grazi

    Ola, Fabi. Sensacional essa sua viagem. Amei cada detalhe e o post ta bem completinho. So uma duvida, no caso de brasileiros que residem na europa mas que nao possuem passaporte europeu, como fica a questao da vacina contra febre amarela? Eles apenas perguntam ou tem que comprovar algo? Muito obrigada!

    Responder
    • Oi Grazi! Obrigada! Eu acredito que mesmo brasileiros que residam na Europa tb precisam apresentar o certificado, pq durante a imigração, assim que eles vêem o passaporte brasileiro, já te direcionam para outra fila para fazer o registro do certificado da vacina de febre amarela. Eu não arriscaria de jeito nenhum!!! beijos

      Responder
  4. Luana

    A cada lida, fico mais louca de vontade para conhecer este paraíso! Ótimo post, muito detalhado!

    Responder
  5. Stephanie

    Ola, Fabi. Quem é brasileiro e vive na Europa, também tem que ter o certificado d a vacina de febre amarela?

    Responder
    • Oi Stephanie! Eu acredito que sim, pq durante a imigração assim que eles vêem o passaporte brasileiro já te direcionam para outra fila para fazer o registro do certificado da vacina de febre amarela. Eu não arriscaria de jeito nenhum!!! beijos

      Responder
  6. Kalil Araujo

    Olá Fabi, como vai?

    Querida estou planejando uma lua de mel e gostaria muito de fazer a mesma rota que você fez.. queria ir as maldivas mas ficar alguns dias em Zurick e Paris.. depois volto para Zurick e vou para as Maldivas como você fez.. Só tem um problema. Não estou achando os mesmo preços nas passagens que você achou. pretendo ir em janeiro de 2018. será que é por isso que o valor esta diferente. me ajuda por favor. rs

    Responder
    • Kalil, Voce deve ter feito algo errado! Vários seguidores já conseguiram comprar a passagem com o mesmo valor. Como eu falei, vc tem que simular nos dias que tem voos da Edelweiss!! pq qdo vc simula em outras datas no site da Swiss air, aparecem voos de outras cias aereas parceiras bem mais caros. No post eu informei os dias de semana que tem esse voo direto Zurique/Male e Male/Zurique. beijocas

      Responder
      • Kalil Araujo

        Ahh bom.. Então você comprou trecho por trecho?? Rio/Zurique depois comprou Zurique/Male e Male/Zurique e por ultimo Zurique/Rio??? Somando todos deu um total de 4000 reais? Isso mesmo? Desde já, muito obrigado!

        Responder
        • Nao!!! comprei tudo junto! Rio/Zurique pela edelweiss (no dia que tem voo direto), Zurique/Male/Zurique tb pela edelweiss (nos dias exatos que esse voo direto opera) e so na volta zurique/frankfurt/rio pela lufthansa! comprei tudo junto mas tem que simular nos dias corretos !!!!

          Responder
          • Kalil Araujo

            ok, acho que entendi. Mas como você fez pra passar 6 dias em Zurique. sendo que comprou tudo junto?

          • Existe uma opção nos sites de todas as cias aereas chamado multidestinos ou multileg… algo do genero! e ai vc coloca na simulaçao cada trecho separadamante rio/zurique data xx/xx; zurique/male data yy/yy; etc. aí o sistema vai te mostrar as opçoes de voos para cada um dos trechos.

          • Kalil Araujo

            Fabi, consegui fazer a simulação. mas ainda ficou acima do preço que você pagou. Esse foi o melhor preço que achei.. BRL 6.771.. Os voos diretos para Zurique são as segunda-feiras e são os mais baratos. os outros trechos simulei iguais ao seu… poderem ainda ficou 6.771 será que é devido ser o mês diferente que você foi?
            Estou simulando no mês de janeiro 2018

            OBS. Simulei vários dias diferentes do mês de janeiro e esse foi o melhor preço.

          • Preço de passagem é assim mesmo! Muda! E é justamente por isso que evito ao máximo falar valores, mas vcs pedem tanto que acabei falando. Mas tenho seguidores que conseguiram comprar por quatro mil e pouco em novembro tb! Eu comprei a minha passagem acho que em dezembro pra voar em março. Não comprei com muuuuita antecedência, pq as vezes muuuita tb não é bom. Parece que a air france tb tem um voo direto para male (nao sei as datas) que uma seguidora minha tb pagou 4 mil e pouco e a alitalia vai inaugurar um voo tb. Uma boa dica é usar o google flights para fazer algumas simulações e ir vendo a variação dos valores. Eu fiz rio/zurique direto em uma sexta feira. A Edelweiss tem 3 voos diretos por semana para esse trecho. bjs

  7. Adriana

    Oi Fabi!

    Eu viajo com vocês a cada post rs
    Parabéns pelo blog! Muito bem escrito, explicado, qualidade das fotos.. amo vir aqui!!

    Bjs

    Responder
  8. Thais Mouta

    Oi Fabi, parabéns pelo trabalho e muito obrigada por doar seu tempo e dividir suas experiencias com a gente!

    Sobre os “Anantaras”, rsrs o que está incluso na diária? Quais atividades aquáticas? e a alimentação? o café é bom?
    Desculpe tantas perguntas, pois sei que gastos são pessoais, mas quero saber com O QUE vou precisar gastar de atividades.
    Muuuito obrigada

    Responder
    • Oi Thais! Muito obrigada pelo carinho! Eu vou fazer um post específico sobre o Anantara Veli contando tudo direitinho ta? Mas basicamente incluído é máscara, snorkel, nadadeiras, caiaque (2h por dia), academias (cada hotel tem uma e vc pode usar as duas), piscinas dos dois hotéis… o stand up é pago, idem megulho e outras atividades aquaticas motorizadas e tratamentos no spa. O Café da manha é maravilhoso! A comida no geral de todos os restaurantes é muito boa! Eu amei o hotel e o lugar! Se vc quiser saber mais pode assistir aos stories que fiz durante a viagem (mostrei o cafe algumas vezes). Os stories estão no nosso canal do you tube (tem o link na materia acima) bjs

      Responder
  9. Mayra

    Bom dia Fabi!!
    Já li tudo, e já entrei nos sites para fazer simulação, minha lua de mel será em dezembro e estou bem empolgada com essa tua viagem, querendo imitar.
    Olhei no Hotéis.com e tem várias opções de quarto no Anantara Veli, qual tu pegou? Nas fotos aparece umas gramas na agua, tem bastante isso embaixo do quarto?

    Beijos

    Responder
    • Oi Mayra! O meu bangalo era o superior. No Anantara todos os bangalôs são sobre as águas mas o que muda é a posição. Alguns ficam em uma área melhor do atol (os mais caros). Mas o superior foi suficiente, na verdade a gente quase não ficava no quarto. Embaixo dos bangalos há alguns corais sim (não é grama), mas é legal para fazer snorkel pq ficam cheiosssss de peixinhos. beijos

      Responder
  10. Um lugar lindo para relaxar !!

    Responder
  11. Nilce

    Amei seu post!
    Vou em novembro e ficaremos no Dighu. Pelo que entendi, além do que já paguei aqui, ainda terei que pagar mais 22% de taxas quando me hospedar?

    Responder
    • Oi! Vc precisa conferir o seu voucher. por onde vc fechou o hotel? normalmente já estão incluídos os 22 %. Eles informam x de diária + y de imposto + z de taxa, Confere na sua reserva! la vc vai pagar 22% sobre o que consumir beijos

      Responder
      • Nilce

        Muito obrigada Fabi. Vc é TOP

        Responder
  12. GENTE! ESTOU IMPRESSIONADA COM ESSAS FOTOS!
    Perfeitas, e caraca a foto que você está rodeada pelo Cardume, inacreditável. Eu confesso que morreria de medo, mas caramba!
    Arrasou nas fotos e nas dicas.

    Beijos
    Cami Santos
    http://www.naestradacomasminas.com.br

    Responder
  13. Luana

    Fabi, comprei as passagens e fiz a reserva no Anantara Veli pelo hoteis.com seguindo suas dicas. Vamos chegar lá por Frankfurt num voo com escala em Viena. Não consegui encontrar os bons preços pela Edelweiss, mas pela Lufthansa achei o preço aceitável, cerca de 5.500 reais por pessoa levando em conta que iremos em dezembro, alta temporada. Muito obrigada pelas suas dicas, foram significativas para a escolha do hotel.

    Responder
Deixe seu comentário: