Ebenalp em Appenzell, Suíça

Em 29/09/2016 por Fabi Gama

Ahhhh Appenzell!!! Era um sonho conhecer esse lugar!!! Quando estive na Suíça em dezembro/14 eu havia programado esse passeio, mas por conta de neve (muita neve) não conseguimos fazer!

Quem nos acompanha no instagram @LoucosPorViagem  viu que passamos 19 dias na Suíça nesse mês de setembro e um dos nossos últimos passeios foi em Appenzell.

Sim, estou começando os posts pelo final da viagem de tanto amor que tenho por esse lugar! (haha).

Lembrando que, para facilitar, eu criei um índice com todos os posts referentes a essa viagem pela Suíça em set/16. Para acessar e ver quais posts já estão disponíveis para leitura clique aqui.

Vou explicar tudo em detalhes para vocês não deixarem esse lugar de fora quando estiverem na Suíça.

img_0050

Onde fica

Appenzell fica no Cantão de St. Gallen, a cerca de 1h30 de carro de Zurique.

Para fazer esse passeio é preciso pegar o teleférico Ebenalp que sai do vilarejo de Wasserauen, a cerca de 10 minutos de Appenzell.

carte-suisse-2

Como chegar

Nós estávamos hospedados em Flims, no cantão Graubunden, e levamos 1h30 de carro até Appenzell, mas é possível chegar de trem até Wasserauen (há trem a cada meia hora ligando Appenzell a Wasserauen). A estação de trem fica bem em frente ao teleférico Ebenalp.

Caso prefira ir de carro como fizemos, há vários estacionamentos no local. Como fomos em um sábado de sol e fim de verão, os estacionamentos estavam bem cheios (chegamos lá por volta das 10h30), mas conseguimos vaga. Custou 3,00 CHF para o dia todo.

Valor

O teleférico Ebenalp custa 20,00 CHF por pessoa só para subir (que foi o nosso caso) ou 31,00 CHF por pessoa para subir e descer (valores válidos para a temporada de verão – maio a novembro).

Quem tem o Swiss Travel Pass tem 50% de desconto.

Quando chegamos havia uma fila para comprar os ingressos e subir de teleférico, mas andou rápido (cerca de 20 minutos).

Como é o passeio

Nós optamos por subir de teleférico até Ebenalp e, de lá, descer caminhando de volta até Wasserauen, onde deixamos o carro estacionado e de onde saímos de teleférico, porque queríamos passar pelo belíssimo lago Seealpsee, acessível somente por trilha. Nós fizemos a trilha Ebenalp – Wildkirchli – Berggasthaus Aescher – Seealpsee – Wasserauen. Mas quem quiser visitar apenas o famoso restaurante e refúgio de montanha Berggasthaus Aescher, pode subir e descer de teleférico. O Berggasthaus Aescher fica a 15 minutos de caminhada do teleférico Ebenalp.

Nós subimos de teleférico e fizemos uma rápida caminhada de 10 minutos até o pico da montanha Ebenalp, de onde se tem uma linda vista das montanhas. Há um restaurante lá em cima. No caminho, como em várias outras montanhas da Suíça, vimos diversos parapentes saltando.

Depois, começamos a descer. Em 15 minutos de caminhada chegamos no famoso restaurante e refúgio de montanha (espécie de dormitório “guesthouse” com capacidade para até 45 pessoas) Berggasthaus Aescher.

img_0054

No caminho passamos pela caverna Wildkirchli e pela Capela cravada na rocha. Cuidado ao caminhar dentro da caverna, pois é bastante úmida e, por vezes, escorregadia, além de ser um pouco escura (usamos a lanterna do celular para ajudar).

dsc_0050

dsc_0052

Ao chegar no Berggasthaus Aescher, fui tomada por uma enorme emoção! Como é bom realizar um sonho!! Que lugar mais lindo! Aquela construção ali, cravada nas montanhas, com aquele visual incrível do vale! E ainda, para completar, fomos abençoados por um dia maravilhoso de sol e céu azul, repleto de parapentes no ar!!

img_0088

dsc_0091

O restaurante estava lotado, afinal, era um sábado de final de verão e o dia estava maravilhoso, propício para uma caminhada com direito a chopp nas montanhas!

dsc_0229

Mas nós seguimos a nossa trilha, sem tomar o tal chopp (rs!), em direção ao belíssimo lago Seealpsee!

A caminhada a partir do Berggasthaus Aescher até o Seealpsee levou cerca de 1h, em descida. Muitos degraus e pedras pelo caminho, alguns trechos escorregadios, mas tem um corrimão de cabo de aço pra se apoiar na maior parte da descida, o que ajuda bastante.

dsc_0239

Durante nossa descida vimos muita gente fazendo a trilha inversa, ou seja, subindo a montanha, o que é muito mais cansativo, com certeza, mas também dá pra fazer! Basta estar com o coração em dia e estar acostumado a fazer atividades aeróbicas como corrida, bike etc…

Ao chegar no lago, siga a placa “seerunweg” pra fazer a trilha ao redor do lago começando pelo lado esquerdo, assim você caminha de frente para as montanhas.

DCIM106GOPROG5244458.

O lago é lindíssimo e muito gelado, portanto, apesar do calor, não deu pra dar tibum. Esse nem eu encarei! (hahah)

Uma delícia sentar, fazer um piquenique e curtir aquele visual.

Para dar a volta no lago levamos cerca de 1 hora, mas com muitas paradas para fotos. Se fosse sem parar, acho que não daria nem 30 minutos de caminhada. É bem tranquilo.

Há um restaurante no local, que também estava bem cheio e animado.

Vimos alguns barquinhos no lago! Lindo demais!

img_0068

img_0064

dsc_0381

dsc_0427

Depois de passarmos a tarde nesse lugar sensacional, descemos caminhando de volta até Wasserauen, onde deixamos o carro estacionado. Essa trilha de descida é bastante inclinada, levamos 40 minutos e fiquei sentido dor nas pernas por dois dias (rs!).

dsc_0290

dsc_0559

Antes de voltarmos de carro para nossa base em Flims, passamos por Vaduz, capital de Liechtenstein, que fica a cerca de 40 minutos de Wasserauen e a 30 minutos de Flims. Vou fazer um post separado sobre esse passeio.

Outras opções de trilhas nessa montanha

Como eu falei, nós fizemos a trilha trilha Ebenalp – Wildkirchli – Berggasthaus Aescher – Seealpsee – Wasserauen, que sem fazer paradas levaria cerca de 2h. Mas claro que, parando para trirar fotos e curtir o lugar, acaba levando uma tarde inteira.

Mas quem só quiser ir ao Berggasthaus Aescher, vai fazer uma caminhada curta do teleférico até o restaurante (cerca de 15 minutos em descida). Depois, basta voltar esses 15 minutos (em subida) até o teleférico e retornar para Wasserauen, base do teleférico.

Peguei num folder do Ebenalp as outras opções de trilhas por lá:

  • Ebenalp – Wildkirchli – Äscher – Ebenalp.  Non-strenuous hike from the mountain cable car station. Duration: 50 min.
  • Ebenalp – Chlus – Ebenalp. Non-strenuous hike from the mountain cable car station. Duration: 55 min.
  • Ebenalp – Chlus – Schäfler – Ebenalp. Non-strenuous hike from the mountain cable car station. Duration: 1 h 45 min.
  • Ebenalp – Gartenalp – Wildkirchli – Ebenalp. Non-strenuous hike from the mountain cable car station. Duration: 1 h 40 min.
  • Ebenalp – Wildkirchli – Bommenalp – Blättliweg – Wasserauen. Moderately difficult hike from the mountain cable car station. Duration: 1 h 30 min.
  • Ebenalp – Wildkirchli – Bommenalp – Schwende – Wasserauen. Moderately difficult hike from the mountain cable car station. Duration: 2 h.
  • Ebenalp – Chlus – Zisler – Äscher – Wildkirchli – Ebenalp. Challenging hike from the mountain cable car station. Duration: 1 h 30 min.
  • Ebenalp – Wildkirchli – Seealpsee – Wasserauen. Challenging hike from the mountain cable car station. Duration: 1 h 45 min.
  • Ebenalp – Füessler – Altenalp – Mesmer – Seealpsee – Wasserauen. Challenging hike from the mountain cable car station. Duration: 4 h 15 min.
  • Ebenalp – Füessler – Altenalp – Mesmer – Meglisalp – Seealpsee – Wasserauen. Alpine hike from the mountain cable car station. Duration: 5 h.
  • Ebenalp – Chlus – Schäfler – Öhrligrueb – Säntis. Alpine hike from the mountain cable car station. Duration: 4 h 15 min.

img_0066

Sobre o Berggasthaus Äscher

O Berggasthaus Äscher é um dos refúgios de montanha mais antigos da Suíça. Localizados a 1.454 metros de altitude, há dormitórios para até 45 pessoas no local, que só funciona de maio a outubro.

Para mais informações, acesse o site www.aescher-ai.ch

Esse foi um dos meus passeios preferidos na Suíça, talvez porque eu não tenha conseguido fazer em 2014, o que aumentou ainda mais a minha vontade de conhecer esse lugar incrível!

No inverno há pistas de ski, mas não sei ao certo como funciona. Acho mais legal conhecer esse lugar na temporada de verão de maio a novembro.

Aos poucos vou postando sobre toda a nossa bela viagem pela Suíça aqui para vocês.

img_0090

Onde ficar

Como eu falei, estávamos em Flims, hospedados no charmoso e aconchegante Booking.com/Hotel Adula ou Hoteis.com/HotelAdula. De Flims, chegamos em Appenzell em 1h30 de carro. Mas é possível fazer esse passeio a partir de Zurique ou até mesmo se hospedar em Appenzell, que é uma cidade bem bonitinha e charmosa.

Abaixo os links para hotéis nessas três regiões. Se você gosta das nossas dicas, nos ajude a manter o blog fazendo as reservas pelos links indicados. Recebemos uma pequena comissão e você não paga nada a mais por isso!

 

DCIM106GOPROG5324529.

Seguro de Viagem

O seguro de viagem é um dos itens mais importantes da viagem! Eu não viajo sem! Ninguém está livre de ficar doente ou sofrer um acidente durante as férias. Imagine quanto isso pode custar em um país como Suíça, Eua ou Noruega? Além disso, o seguro é obrigatório nos países membros da Comunidade Européia (Tratado de Schengen). Eu, particularmente, não tenho coragem de viajar apenas com seguros oferecidos por cartões de crédito.

Aqui no blog você pode fazer a sua cotação pela Real Seguros que possui várias seguradoras conveniadas. A vantagem é que, em apenas um clique, você compara o custo x benefício de mais de 10 seguradoras.

A contratação é online e você recebe a apólice por email. É possível parcelar em 6x sem juros no cartão de crédito ou ter 5% de desconto para pagamento à vista. Clique aqui para fazer a sua cotação.

Vídeo

Um resumo de passeio em vídeo pra vocês:

Posts relacionados à Suíça:

 

Fabi Gama
Fabi Gama: Carioca, taurina, casada, 37 anos, advogada, louca por viagem, fotografia, chocolate e pela Grécia. Conhece o calendário de feriados de cor e salteado! Já carimbou seu passaporte em 50 países e pretende conhecer muitos outros! Acompanhe as aventuras pelo instagram e snapchat @loucosporviagem.
Gostou? Compartilhe!
  • Print Friendly
  1. Marina

    Oi, Fabi. Adoro o blog!!!!
    O link pro booking de Zurique está levando para reservas em Appenzell.
    Bjs!

    Responder
Deixe seu comentário: