Anantara Veli, Maldivas

Em 30/05/2017 por Fabi Gama

 

Nesse post vou contar todos os detalhes do hotel perfeito em que nos hospedamos nas Maldivas : Anantara Veli, que faz parte da rede Minor Hotels.

Anantara Veli

A escolha do hotel

Essa é a parte mais difícil na hora de planejar uma viagem pelas Maldivas! São cerca de 150 opções de hotéis, a grande maioria de luxo. Mas depois de muita pesquisa eu escolhi o Anantara Veli por vários motivos:

  • É um hotel 2 em 1, já que os hóspedes também podem usar a estrutura do vizinho Anantara Dhigu. Um barquinho gratuito faz a travessia entre os dois hotéis frenquentemente durante o dia inteiro até às 23h30. O trajeto é uma delícia e dura menos de 2 minutos.

 

  • O Anantara Veli é exclusivo só para adultos (já o Anantara Dhigu aceita crianças). O hotel é perfeito para quem busca paz e tranquilidade.

 

  • O acesso ao hotel é feito em 35 minutos de lancha rápida a partir do aeroporto internacional de Malé e eu não queria ter que pegar mais um voo, nem mesmo de hidroavião. Essa lancha do Anantara Veli funciona inclusive durante a noite, portanto, mesmo que seu voo chegue de madrugada em Malé você não precisará pernoitar na capital. Poderá seguir direto para o Anantara Veli (o mesmo vale para o Anantara Dhugu).

 

  • O atol onde fica os Anantara Veli e Dhigu é SURREAL de lindo!!!! Li muito sobre isso e pra mim era mais importante ficar em um atol de fazer cair o queixo como esse do que ficar em um hotel mais luxuoso (o luxo no Anantara é na medida). O atol é muito grande, tem as duas ilhas dos hotéis Veli e Dhigu e ainda uma ilha de apoio para os funcionários e também duas ilhotas que podemos chegar de stand up ou caiaque. Então, são muitas opções de praias nesse atol.

 

  • Todos os bangalôs do Anantara Veli ficam sobre a água!!! O hotel tem um bom custo x benefício se comparado a outros hotéis nas Maldivas (vi vários muito mais caros).

 

Ilhota próxima do Anantara Veli

Localização

O Anantara Veli está localizado na ilha de Veligandu, na região de atóis ao sul da capital Malé.

Anantara Veli

Como chegar

Como expliquei no post com o nosso roteiro completo dia a dia dessa viagem de 30 dias pelas Maldivas, Suíça e França (para ler clique aqui), compramos os trechos Rio/Zurique/Male/Zurique/Rio diretamente no site da Swiss Air, sendo que os três primeiros trechos foram realizados em voos direto da cia aérea Edelweiss e o último pela Lufthansa com conexão em Frankfurt. Para todos esses trechos pagamos R$ 4.000,00 por pessoa.

Atenção na hora de fazer essa simulação do site da Swiss Air, pois os voos de Zurique para Malé (capital das Maldivas) não são diários. Os voos Zurique/Malé saem sempre aos sábados e quartas à noite e o retorno (Malé/Zurique) se dá aos domingos e quintas (voo diurno).

Outra dica de quem gostou da minha idéia de ir as Maldivas conjugando com Europa é que as cias aéreas alemães Lufthansa e Condor também têm voos direto para Malé saindo de Frankfurt.

Como eu falei,  a passagem saiu metade do valor que sairia (nas minhas datas) viajando via Dubai. Em relação ao tempo de deslocamento dá quase a mesma coisa – via Suíça foi um voo de 11h (Rio/Zurique) + um voo de 9h/10h (Zurique/Malé). Já indo via Dubai é um voo de 14h (Rio/Dubai) + uma espera de cerca de 6h no aeroporto + um voo de 5h (Dubai/Malé).

Ao chegar no aeroporto de Malé, após os trâmites de imigração (preenchemos um formulário entregue no voo) e de apresentação do certificado de vacinação da febre amarela em outro guichê, pegamos as malas e já havia uma representante do hotel Anantara Veli nos aguardando. Ele nos levou até uma salinha do hotel que fica na área de desembarque do aeroporto. De lá, seguimos até a lancha que em cerca de 35 minutos nos levou para o Anantara Veli.

Essa lancha funciona durante o dia e a noite toda, por isso, mesmo que o seu voo chegue a Malé de madrugada, você não precisará pernoitar na capital.

Essa lancha rápida pertence ao Anantara Veli e é cobrado o valor de 240,00 dólares americanos por pessoa pelo transfer de ida e de volta.

Durante as minhas pesquisas não encontrei nenhum hotel que disponibilize esse transfer gratuitamente.

Anantara Veli

Estrutura

Como eu já mencionei, um dos pontos que mais gostei no Anantara Veli foi a possibilidade de também poder usar a excelente estrutura do hotel vizinho Anantara Dhigu. Amo hotéis que são 2 em 1 (rs!).

O Anantara Veli é only adults, por isso, é perfeito para casais. O hotel é bem tranquilo!

Por lá há uma bela piscina de borda infinita sobre o mar com serviço de bar, fitness center, spa, um pavilhão de yoga, quadra de tênis e de volei, um cinema ao ar livre que funciona três vezes por semana, diversas redes, espreguiçadeiras e gazebos espalhados pelo hotel.

Quase sempre estávamos sozinhos nas praias do hotel (e olha que estivemos lá na alta temporada e o hotel estava lotado), já que há muitas atividades e lugares diferentes para os hóspedes explorarem nas ilhas. Eu simplesmente amei porque é maravilhoso ter uma praia incrível daquelas só para a gente.

O hotel tem também um médico residente.

No Anantara Dhigu, que aceita crianças e é um hotel com estrutura maior e mais quartos, há uma enorme piscina de borda infinita sobre o mar, além de redes e balanços dentro da água, bike à disposição dos hóspedes, fitness center, horta, um spa maravilhoso sobre a água do mar (vale a pena agendar algum tratamento por lá) e um parque infantil.

Nós fizemos uma massagem de uma hora para casal (simultânea) no spa do Anantara Dhigu que oferece uma gama de tratamentos corporais e massagens. Foi inesquecível! O spa fica sobre a água e o chão embaixo da cama da massagem é de vidro, então, enquanto a gente relaxava podia ficar vendo os peixinhos passando.

Além das ilhas principais onde fica cada um dos hotéis Anantara há duas ilhotas que podemos chegar de stand up ou caiaque. Na PicNic island há inclusive serviço de bar e uma piscina natural, além de balanços sobre a água. Uma delícia de passeio!

Piscina do Anantara Veli
Piscina do Anantara Veli
Piscina do Anantara Veli
Piscina do Anantara Veli
bar da Piscina do Anantara Veli
bar da Piscina do Anantara Veli
bar da Piscina do Anantara Veli
bar da Piscina do Anantara Veli
bar da Piscina do Anantara Veli
bar da Piscina do Anantara Veli
redes espalhadas pelo Anantara Veli
redes espalhadas pelo Anantara Veli
cinema ao ar livre no Veli
cinema ao ar livre no Veli
cinema ao ar livre no Veli
cinema ao ar livre no Veli
Gazebos espalhados no Anantara Veli
Gazebos espalhados no Anantara Veli
Anantara Veli
Anantara Veli
academia do Anantara Veli
academia do Anantara Veli
spa do Anantara Veli
spa do Anantara Veli
Piscina do Anantara Dhigu
Piscina do Anantara Dhigu
Piscina do Anantara Dhigu
Piscina do Anantara Dhigu
Piscina do Anantara Dhigu
Piscina do Anantara Dhigu
Spa do Anantara Dhigu
Spa do Anantara Dhigu
Spa do Anantara Dhigu
Spa do Anantara Dhigu
Spa do Anantara Dhigu
Spa do Anantara Dhigu
Spa do Anantara Dhigu
Spa do Anantara Dhigu
Piscina do Anantara Dhigu com restaurantes ao fundo
Piscina do Anantara Dhigu com restaurantes ao fundo
Piscina do Anantara Veli
Piscina do Anantara Veli
bar da Piscina do Anantara Veli
bar da Piscina do Anantara Veli
bar da Piscina do Anantara Veli
redes espalhadas pelo Anantara Veli
cinema ao ar livre no Veli
cinema ao ar livre no Veli
Gazebos espalhados no Anantara Veli
Anantara Veli
academia do Anantara Veli
spa do Anantara Veli
Piscina do Anantara Dhigu
Piscina do Anantara Dhigu
Piscina do Anantara Dhigu
Spa do Anantara Dhigu
Spa do Anantara Dhigu
Spa do Anantara Dhigu
Spa do Anantara Dhigu
Piscina do Anantara Dhigu com restaurantes ao fundo

Atividades

Como já falei, a escolha do hotel nas Maldivas é fundamental, já que você vai ficar no hotel aproveitando a estrutura e as atividades disponibilizadas durante a estadia!

Tanto no Anantara Veli quanto no Dhigu há diversas atividades entre elas :

  • Caiaque gratuito à disposição dos hóspedes durante 2 horas por dia (ressalto apenas que aquele caiaque com fundo transparente que costuma fazer sucesso nas fotos custa 50,00 dólares por hora);

 

caiaque para explorar o atol
caiaque para explorar o atol
caiaque incluído na diária do hotel
caiaque incluído na diária do hotel
delícia de passeio
delícia de passeio
caiaque no Anantara Dhigu
caiaque no Anantara Dhigu
caiaque no Anantara Dhigu
caiaque no Anantara Dhigu
caiaque para explorar o atol
caiaque incluído na diária do hotel
delícia de passeio
caiaque no Anantara Dhigu
caiaque no Anantara Dhigu

 

  • Máscara, snorkel e nadadeiras à disposição dos hóspedes durante toda a estadia. Você pega no primeiro dia e só precisa devolver no último;

 

coral embaixo no nosso bangalô
coral embaixo no nosso bangalô
muitos peixes
muitos peixes
raia embaixo do nosso bangalô
raia embaixo do nosso bangalô
coral embaixo no nosso bangalô
coral embaixo no nosso bangalô
coral embaixo no nosso bangalô
coral embaixo no nosso bangalô
nosso bangalô ao fundo
nosso bangalô ao fundo
coral embaixo no nosso bangalô
muitos peixes
raia embaixo do nosso bangalô
coral embaixo no nosso bangalô
coral embaixo no nosso bangalô
nosso bangalô ao fundo

 

  • Stand up ao custo de 60,00 dólares para 2 horas, sendo que você pode usar 1 hora em um dia e a outra hora em outro dia. Aluga-se na lojinha do Tropic Surf no Anantara Dhigu;

 

Stand up no Anantara Dhigu
Stand up no Anantara Dhigu
Alugado na lojinha do Tropic Surf
Alugado na lojinha do Tropic Surf
Stand up no Anantara Dhigu
Stand up no Anantara Dhigu
 Anantara Dhigu
Anantara Dhigu
Anantara Dhigu
Anantara Dhigu
Stand up no Anantara Dhigu
Alugado na lojinha do Tropic Surf
Stand up no Anantara Dhigu
 Anantara Dhigu
Anantara Dhigu

 

  • Há um fitness center em cada um dos hotéis;

 

academia do Anantara Veli

 

  • Há um spa em cada um dos hotéis, mas recomendo que vocês experimentem o spa do Anantara Dhigu que fica sobre a água e é incrível! Os hóspedes que fizerem qualquer tratamento podem usar uma área comum do spa que tem piscinas, espreguiçadeiras e saunas com vista linda para o mar. O spa do Dhigu é disputado, por isso, reserve com antecedência (ao chegar no hotel) seu tratamento;

 

Passarela que leva ao spa do Dhigu
Passarela que leva ao spa do Dhigu
Spa do Anantara Dhigu
Spa do Anantara Dhigu
Spa do Anantara Dhigu
Spa do Anantara Dhigu
Spa do Anantara Dhigu
Spa do Anantara Dhigu
Spa do Anantara Dhigu
Spa do Anantara Dhigu
Passarela que leva ao spa do Dhigu
Spa do Anantara Dhigu
Spa do Anantara Dhigu
Spa do Anantara Dhigu
Spa do Anantara Dhigu

 

  • Cooking class – fizemos uma aula para aprender um pouco mais da culinária local, que como em toda Ásia, é bastante condimentada – são usados muitos temperos, curry e pimenta. Eu amoooo! A aula começou com o Chef nos explicando algumas coisas dentro da horta e depois fomos para a cozinha do restaurante. Preparamos uma entrada, um prato principal e uma sobremesa e depois comemos tudo! Recebemos um avental, uma bolsa e um chapéu de chef! Foi bem legal! E a comida estava maravilhosa (rs!);

 

cooking class no Anantara Veli
cooking class no Anantara Veli
cooking class no Anantara Veli
cooking class no Anantara Veli
cooking class no Anantara Veli
cooking class no Anantara Veli
cooking class no Anantara Veli
cooking class no Anantara Veli
cooking class no Anantara Veli
cooking class no Anantara Veli
cooking class no Anantara Veli
cooking class no Anantara Veli
cooking class no Anantara Veli
cooking class no Anantara Veli
cooking class no Anantara Veli
cooking class no Anantara Veli
cooking class no Anantara Veli
cooking class no Anantara Veli
cooking class no Anantara Veli
cooking class no Anantara Veli
cooking class no Anantara Veli
cooking class no Anantara Veli
cooking class no Anantara Veli
cooking class no Anantara Veli
cooking class no Anantara Veli
cooking class no Anantara Veli
cooking class no Anantara Veli
cooking class no Anantara Veli
cooking class no Anantara Veli
cooking class no Anantara Veli
  • Pavilhão de yôga;

 

  • Quadra de tênis e volei;

 

  • Uma piscina em cada um hotéis com borda infinita e serviço de bar;

 

Piscina do Anantara Veli

Piscina do Anantara Dhigu

 

  • Mergulho e outras atividades aquáticas (pagas a parte);

 

  • Cinema ao ar livre três vezes por semana no Anantara Veli (às segundas, quartas e domingos 21h) – eu fiquei apaixonada por esse cinema chamado “movie under the stars”. Há vários puffs confortáveis na frente da telona e a gente assiste aos filmes ouvindo o barulho do mar embaixo do céu estrelado. Muito romântico! E ainda no meio do filme eles servem pipoca! Perfeito! Nós assistimos a um filme do Nicholas Sparks que eu amo (Uma Longa Jornada) e em outro dia foi Titanic. Mas no último dia foi um filme ruim, barulhento, meio policial, meio comédia… era tão ruim que os outros casais foram embora e nós fomos até a recepção pedir então para mudar o filme, mas eles disseram que não havia outra opção. Uma pena, porque uma estrutura tão bacana de cinema merecia ter mais opções de bons filmes de romance.

 

cinema ao ar livre no Veli

 

  • No Anantara Dhigu há bikes gratuitas à disposição dos hóspedes;

 

bikes para explorar o Anantara Dhigu

 

  • Em ambas as ilhas há várias opções de praias, redes, espreguiçadeiras e gazebos espalhados para uso dos hóspedes;

 

Redes espalhadas pelos hotéis dentro e fora da água

redes no meio do mar

  • Durante as sete noites que passamos no Anantara Veli fomos convidados pelo hotel a participar de dois eventos. Um é logo na primeira noite, quando os casais em lua de mel ou em comemoração especial participam de um coquetel e recebem um coração de madeira com seus nomes para colocar na estufa do hotel. Ao final da estadia os hóspedes são contemplados com uma surpresa super fofa (não vou contar para não estragar). O outro evento que nós participamos foi em uma das praias do Anantara Dhigu ao entardecer. Lá havia várias barraquinhas de comida, bebida, massagem, música… tudo à disposição dos hóspedes.

 

evento ao ar livre para todos os hóspedes do hotel

cerimônia para hóspedes em lua de mel ou aniversário de casamento

 

  • Não deixe de apreciar o pôr do sol – ele se põe bem em frente à piscina do Anantara Dhigu.

 

pôr do sol perfeito no Anantara Dhigu

Bangalôs

O Anantara Veli possui 67 bangalôs, todos sobre a água. São 5 categorias diferentes de bangalôs:

  • 25 Over Water Bungalows
  • 11 Superior Over Water Bungalows
  • 14 Deluxe Over Water Bungalows
  • 7 Ocean Pool Bungalows
  • 10 Deluxe Over Water Pool Bungalows

 

Nós ficamos em um bangalô da categoria “Superior Over Water Bungalows”.

O bangalô era bem espaçoso (62 m2), confortável e bem equipado com uma deliciosa cama king size, ar condicionado, TV de LCD com DVD, sofá, armário, minibar, conexão wi-fi e cafeteira Nespresso.

O banheiro também era bem espaçoso e tinha um ótimo chuveiro com banheira separada, duas pias, secador de cabelo, roupões, pantufas e amenidades de banho (shampoo, condicionador, sabonete e creme para o corpo).

Na nossa varanda havia uma mesinha com duas cadeiras, uma espreguiçadeira (tipo uma cama com colchão) e uma escada de acesso ao mar. Embaixo dos bangalôs há alguns corais, então, vale a pena colocar máscara e snorkel para ver inúmeras espécies de peixes coloridos, raias e até pequenos tubarões.

Da nossa varanda a gente via o sol nascer, já o pôr do sol ficava do lado oposto. Por causa das 8h a mais de fuso, tivemos um pouco de dificuldade para entrar no horário local, então, acabamos vendo o sol nascer duas vezes (rs!).

À noite era feito o serviço de “abertura de cama”, deixando o quarto preparado para uma boa noite de sono! Normalmente nesse momento o camareiro (sim! homem!) deixava a previsão do tempo, juntamente com a programação sugerida para o dia seguinte.

A categoria de bangalôs em que nos hospedamos (Superior Over Water Bungalows) não era luxuosa, mas super confortável e nos atendeu em tudo que precisávamos : uma boa cama, um bom chuveiro, ar condicionado e wi-fi super potentes e uma varanda com acesso direto ao mar. Achei que foi um bom custo x benefício, considerando que as outras categorias são mais caras (acredito que os bangalôs também sejam melhores, alguns inclusive tem piscina privativa).

Entre as categorias Over Water Bungalows e Superior Over Water Bungalows eu acho que a diferença é apenas a localização – ambas ficam sobre a água, mas os bangalôs superiores ficam em áreas melhores do atol.

Sinceramente, nós ficamos pouquíssimo tempo dentro do nosso bangalô. Tem tanta atividade para fazer no hotel que nosso quarto acabou ficando em segundo plano. Por isso, pense bem antes de escolher a categoria do seu bangalô – se você pretende ficar mais tempo dentro do bangalô para descansar etc aí vale a pena investir em um melhor.

A distância entre os bangalôs não é muito grande, mas ainda assim não tivemos problemas de privacidade.

Ah! Como fizemos essa viagem para comemorar nossos dez anos de casados, quando chegamos no bangalô havia um bolo de chocolate maraaaaaaa junto com uma garrafa de espumante. Esses pequenos detalhes fazem a diferença na minha opinião.

Bangalôs do Anantara Veli
Bangalôs do Anantara Veli
Nosso quarto
Nosso quarto
Boas vindas
Boas vindas
O banheiro do bangalô
O banheiro do bangalô
O banheiro do bangalô
O banheiro do bangalô
O banheiro do bangalô
O banheiro do bangalô
A varanda do bangalô
A varanda do bangalô
bolo de aniversário de casamento
bolo de aniversário de casamento
Nascer do sol visto do nosso bangalô
Nascer do sol visto do nosso bangalô
escada de acesso ao mar no nosso bangalô
escada de acesso ao mar no nosso bangalô
Bangalôs do Anantara Veli
Nosso quarto
Boas vindas
O banheiro do bangalô
O banheiro do bangalô
O banheiro do bangalô
A varanda do bangalô
bolo de aniversário de casamento
Nascer do sol visto do nosso bangalô
escada de acesso ao mar no nosso bangalô

Gastronomia

Dentro dos hotéis Anantara Veli e Dhigu há diversas opções de bares e  restaurantes (japonês, thai, italiano, buffet internacional etc). Os hóspedes de ambos os hotéis podem experimentar qualquer restaurante dos dois hotéis.

No Anantara Veli ficam os restaurantes 73 Degrees (buffet de culinária internacional temático), Baan Huraa (thai), Origami (japonês) e o bar da piscina Dhoni.

Já no Anantara Dhigu ficam os restaurantes Sea Salt (frutos do mar), Terrazzo (italiano), Fushi Cafe e o bar da piscina Aqua.

Nós optamos por reservar a opção bangalô + café da manhã. Há outras opções de pacotes que incluem meia pensão e pensão completa (mas atenção, não há sistema All Inclusive no Anantara Veli e Dhigu).

Mas alimentação não é algo barato nas Maldivas porque a logística é bastante complexa : absolutamente tudo vem de outros países da Ásia e Europa. Então, no final das contas acho que teria sido válido fecharmos o pacote de meia pensão que agora inclui jantar em qualquer restaurante dos dois hotéis.

O café da manhã é SENSACIONAL!!!  Servido no restaurante 73 Degrees das 7h às 10h30, com vista para o mar, a variedade do buffet é impressionante, tudo com qualidade de primeira.

Há diversas opções de pães, frutas, queijos, frios, cereais, ovos, geléias, mel (inclusive mel com favo), panquecas, bolos, sucos, pratos da culinária asiática de diversos países, salmão… nossa! Muito bom!! Também há diversas opções lights para quem quer manter a dieta, incluindo suco verde e detox.

No almoço nós experimentamos o bar Aqua no Anantara Dhigu (a pizza é ótima e custa cerca de 25,00 dólares) e o bar Dhoni no Veli (cheeseburger muito bom e bem servido). Além disso, fizemos a cooking class no restaurante 73 Degrees como já contei no item “atividades”.

Para jantar acabamos indo várias vezes no italiano Terrazzo e no tailandês Baan Huraa. Amei os dois restaurantes e são os que tem o melhor custo x benefício dentro do complexo. Ainda assim, um jantar sai entre 150 e 250 dólares, vai depender do vinho, se vai pedir entrada, dividir a sobremesa etc.

Os restaurantes têm ambientes super agradáveis, são bem arejados, com vista e brisa do mar, o atendimento é ótimo e a comida muito boa. Isso foi algo que me surpreendeu até! Não imaginava que eu fosse comer tão bem nos restaurantes do hotel. Tudo que experimentei estava muito gostoso.

Um prato principal de massa no italiano custa na faixa de 35/40 dólares e no restaurante tailandês um prato de frango ao curry, por exemplo, sai nessa faixa também (apenas para ilustrar).

Os snacks como sanduíches, pizzas, saladas etc só são servidos nos bares dos dois hotéis até às 18h. Depois disso, é possível pedir no room service.

Não deixe de reservar os restaurantes com antecedência (na noite anterior ou logo depois do café da manhã para aquele mesmo dia).

Além disso, há a opção de um jantar super romântico na areia ao entardecer e com um chef exclusivo chamado Dining by Design (precisa reservar com antecedência). Vale a pena para casais em lua de mel.

Para acessar o menu de cada restaurante com todas as informações (preços, horários etc) clique aqui.

restaurante 73 Degrees onde é servido o café da manhã
restaurante 73 Degrees onde é servido o café da manhã
café da manhã
café da manhã
café da manhã
café da manhã
café da manhã
café da manhã
café da manhã
café da manhã
café da manhã
café da manhã
café da manhã
café da manhã
jantar no restaurante Terrazzo
jantar no restaurante Terrazzo
jantar no restaurante Terrazzo
jantar no restaurante Terrazzo
restaurante 73 Degrees onde é servido o café da manhã
café da manhã
café da manhã
café da manhã
café da manhã
café da manhã
café da manhã
jantar no restaurante Terrazzo
jantar no restaurante Terrazzo

O que levar na mala

Eu e meu marido viajamos para as Maldivas só com uma mala de 20 kg para nós dois. As nossas malas de inverno ficaram na Suíça.

Nas Maldivas a gente só usa biquíni/maiô, saída de praia e chinelo o dia todo!

Não levem salto! Os caminhos dentro do hotel são de areia! Para jantar à noite eu levei uma rasteirinha e alguns vestidos leves mais arrumadinhos.

Lembrem-se que as Maldivas são um país muçulmano! Fora dos hotéis as mulheres devem cobrir os ombros e os joelhos. Além disso, nas áreas comuns dos hotéis (recepção, restaurantes, bares etc) procure usar saídas de praia (não ande de traje de banho).

Também não deixe de levar : protetor solar, repelente, chapéu/boné, bóia, óculos de sol, câmera a prova d`água como GoPro, roupa de academia e tênis para aqueles que forem malhar (tanto o Veli quanto o Dhigu têm academia).

Não precisa levar máscara, snorkel e nadadeiras pois você pega emprestado (gratuito) com o hotel logo no primeiro dia e só precisa devolver quando for embora.

Ah! No nosso bangalô também havia bolsa de praia e chinelos para os hóspedes usarem durante a estadia.

Moeda

A moeda oficial é Maldivian Rufiyaa (MVR). Mas não se preocupe com isso pois você só usará dólar por lá. Todos os preços dentro dos hotéis são em dólar e todas as despesas do hotel são pagas em dólar ou com cartão de crédito. Não se esqueça de fazer o aviso viagem no seu cartão de crédito pois no momento do check-in é feito um depósito garantia. No nosso caso, no hotel Anantara Veli, o depósito garantia no cartão de crédito para consumo de 7 noites foi de 1.400,00 dólares. Nós já tínhamos pago as diárias previamente. No momento do check out optamos por pagar as despesas em dinheiro (dólar).

Um enorme banco de areia – Anantara Dhigu

Equipe

Um dos pontos que merece destaque no hotel é a equipe altamente qualificada. Os funcionários são muito prestativos, educados, simpáticos e todos falam inglês.

A recepção funciona 24h e o hotel tem serviço de concierge para ajudar os hóspedes com reservas de passeios, restaurantes, transfer, etc.

Nosso bangalô

Taxas e Impostos

Uma coisa que encarece bastante essa viagem são as taxas e impostos. Fique atento pois sobre absolutamente tudo que você consumir no hotel e também sobre os passeios, transfers e até sobre as diárias há uma cobranca de 12% de imposto + 10% de serviço, totalizando 22%.

Anantara Dhigu

Tratamento de esgoto

Achei muito curioso porque durante a nossa estadia nas Maldivas, vários seguidores me perguntaram a respeito do tratamento de esgoto por lá.

Todos os bangalôs têm encanamento e os hotéis Anantara Veli e Dhigu têm uma estação de tratamento de esgoto.

Essa questão do lixo é um problema para um país como as Maldivas.

Achei muito bacana a iniciativa da cia aérea Edelweiss. Todos os passageiros recebem uma sacola plástica para guardar o seu lixo (não orgânico como latas, garrafas, embalagens) durante a estadia nas Maldivas. No dia do voo de volta basta entregar a sacola com o lixo no momento do check in. A cia aérea Edelweiss leva o lixo dos passageiros de volta para a Suíça (não é à toa que amo esse país!).

ilhota deserta perto do Anantara Veli

Vídeos no Youtube

Coloquei todos os vídeos que fiz nos Stories do Instagram durante nossa estadia nas Maldivas no YouTube! Quem quiser ver basta entrar na nossa página do YouTube  clicando em LoucosPorViagemByFabi . Aproveite para se inscrever!

Outras informações

O acesso Wi-Fi em todo hotel, incluindo nas suítes, é gratuito e funciona muito bem no Anantara Veli, incluindo nos bangalôs (pelo menos no nosso). Já no Anantara Dhigu muitas vezes eu tive dificuldades em usar a internet.

O hotel Anantara Veli não aceita crianças. Para quem viaja em família vale a pena se hospedar no vizinho Anantara Dhigu.

Anantara Veli

Considerações finais

Uma viagem para as Maldivas é algo inesquecível! Vale a pena para casais que buscam um lugar paradisíaco e que gostam de privacidade. Por lá você pode optar por relaxar o dia inteiro, mas se preferir há diversas atividades também. A escolha do hotel é fundamental para que a sua viagem seja perfeita! Eu pesquisei muuuuito antes de escolher pelo Anantara Veli e a beleza do atol onde está localizado o hotel conseguiu superar as minhas expectativas. Eu saí de lá super emocionada! Realmente um lugar que vou guardar para sempre na minha memória e no meu coração. Destino perfeito para uma lua de mel ou alguma comemoração especial!

Anantara Veli

Planeje a sua viagem

Se você gosta das nossas dicas, nos ajude a manter o blog fazendo as reservas pelos links indicados. Recebemos uma pequena comissão e você não paga nada a mais por isso!

  • Hotéis.com – Dica : usando o link do Hoteis.com para reservar o Anantara Veli ou o Anantara Dhigu você pode parcelar em 12x sem juros. Atenção : O Anantara Veli é só para adultos, já o Anantara Dhigu aceita crianças e tem toda a infraestrutura necessária para os pequenos. Hóspedes dos dois hotéis podem usar toda a estrutura de ambos.

 

  • Booking.com – confesso que minha vida de viajante mudou depois da criação do Booking.com. Acho sensacional, sou fã de carteirinha! Todas as ferramentas do site são excelentes e sempre que tive qualquer tipo de problema fui prontamente atendida pelos funcionários (existe a opção de atendentes que falam português, o que é ótimo!). Nunca tive problema de chegar em um hotel e a minha reserva não estar lá (mas fechando direto com os hotéis isso já aconteceu). Clicando aqui você pode fazer suas reservas diretamente pelo nosso blog sem custos adicionais.

 

  • Seguro – O seguro de viagem é um dos itens mais importantes da viagem! Eu não viajo sem! Ninguém está livre de ficar doente ou sofrer um acidente durante as férias. Imagine quanto isso pode custar em um país como Suíça, Eua ou Noruega? Além disso, o seguro é obrigatório nos países membros da Comunidade Européia (Tratado de Schengen). Eu, particularmente, não tenho coragem de viajar apenas com seguros oferecidos por cartões de crédito.

Aqui no blog você pode fazer a sua cotação pela Seguros Promo que possui várias seguradoras conveniadas. A vantagem é fazer a cotação on-line, ou seja em apenas um clique, você compara o custo x benefício das melhores seguradoras do mercado.A contratação é on-line e você recebe a apólice por email. É possível parcelar em até 12x sem juros no cartão de crédito (parcela mínima de 40,00 reais).

Para fazer sua cotação clique AQUI e insira os dados solicitados (destino, período da viagem, nome, email e telefone). Logo em seguida vai aparecer uma lista com todas as seguradoras e os valores cobrados.

Leitores do blog tem 5% de desconto – basta inserir o código LOUCOSPORVIAGEM5.

  • Site para compra da passagem : Swiss Air (voamos pela cia Edelweiss, parceira da Swiss Air).

 

 

  • Dica de agência de viagem de luxo com atendimento personalizado : GSP Travel.  A GSP travel tem contato direto com os diretores dos melhores hotéis do mundo e, dessa forma, consegue muitos mimos e benefícios aos seus clientes.

Matérias relacionadas

Abaixo uma listinha com os posts relacionados à essa viagem:

Fabi Gama
Fabi Gama: Carioca, taurina, casada, 37 anos, advogada, louca por viagem, fotografia, chocolate e pela Grécia. Conhece o calendário de feriados de cor e salteado! Já carimbou seu passaporte em 50 países e pretende conhecer muitos outros! Acompanhe as aventuras pelo instagram e snapchat @loucosporviagem.
Gostou? Compartilhe!
  • Print Friendly, PDF & Email
Deixe seu comentário: